Sandman Apresenta Lúcifer

Por Marcelo Naranjo
Data: 14 julho, 2001

Sandman Apresenta LúciferEditora: Brainstore Editora – Mensal

Autores: Mike Carey (roteirista) e Scott Hampton (ilustrador e capista)

Preço: R$ 11,90

Data de lançamento: Março de 2001

Sinopse

Um grande perigo ronda a raça humana. O que poderia acontecer se nossos anseios pudessem, subitamente, ser atendidos? Desde um simples sonho de infância, até desejar a morte de alguém. É exatamente isso que está acontecendo.

Vindo de um lugar há muito tempo esquecido, um misterioso poder coloca seu plano em andamento. O céu toma conhecimento do fato, e um enviado é mandado a procura de alguém para acabar com esta ameaça. E o escolhido é ninguém menos que Lúcifer Estrela da Manhã.

Feita a proposta, o anjo caído aceita a missão, em troca de uma recompensa. Em seu caminho, Rachel, uma garota branca mestiça com Navajo, pode ter a solução do problema.

Lúcifer volta ao inferno em busca de pistas, e parte em busca da fonte da ameaça, junto com Rachel. Não será fácil, pois armadilhas mágicas, monstros e demônios devem ser sobrepujados.

Positivo/Negativo

A primeira vista, fica a impressão que Lúcifer é bonzinho demais. Mas vale lembrar que o personagem é o mesmo das histórias de Sandman: Frio, cínico, inteligente, calculista e interesseiro. Além disso, Neil Gaiman foi consultor dessa obra. Provavelmente, daí a fidelidade.

A bela arte de Scott Hampton é um atrativo a mais, e o texto de Mike Carey, mesmo longe de um Neil Gaiman, não deixa de ser interessante.

Uma pesquisa acompanha a edição, com o título Sobre Anjos e Demônios, citando as diversas personificações de bem e mal nas bases de diversas religiões.

Temos um erro de português logo no início, no prefácio, pois “mal cheiro” é dose; duas trocas de letras em balões na terceira parte; e um ou outro erro de português no texto final, mas nada que chegue a atrapalhar.

A história é um ótimo aperitivo para quem não conhece a série Sandman (se é que isso possa ser possível) ou para os fãs antigos matarem saudades. Obrigatório para quem gosta da linha Vertigo.

Classificação

3,5

• Outros artigos escritos por

.