SCARYGIRL

Por Sidney Gusman
Data: 1 dezembro, 2010

SCARYGIRL

Editora: Arx – Edição especial

Autor: Nathan Jurevicius (roteiro e arte) – Originalmente em Scarygirl, da Allen & Unwin.

Preço: R$ 42,90

Número de páginas: 128

Data de lançamento: Agosto de 2010

 

Sinopse

Abandonada em uma praia remota, Scarygirl não sabe quem é nem de onde veio.

Ela é encontrada por Blister, uma espécie de polvo gigante muito inteligente, que quer mantê-la segura, mas Scarygirl precisa de respostas.

Afinal, quem é o homem estranho assombrando seus sonhos? Será que o coelho gigante Bunniguru vai ajudá-la a desvendar os mistérios de seu passado? A pequena heroína pode acreditar mesmo nos astutos seres da floresta?

Positivo/Negativo

Em português, Scarygirl quer dizer “garota assustadora”. A protagonista não tem a mão esquerda e anda pra cima e pra baixo mostrando o osso do braço. Ainda assim, este álbum, voltado para o público infantil, não vai causar medo em ninguém, pois pode ser definido como um “terror light“.

A pequena heroína vai conhecendo tipos estranhos enquanto busca desvendar seu passado. E encara sensações como medo, traição, angústia e gratidão durante sua aventura.

O roteiro do australiano radicado no Canadá Jurevicius é bem construído, e o que mais chama a atenção é o fato de a história inteira não ter um balão de texto sequer. A narrativa do autor é bastante competente, especialmente na diagramação das páginas e, ao usar símbolos no lugar das falas dos personagens em determinadas cenas.

O problema é que a história não termina – o segundo álbum não saiu nem no exterior ainda. Por isso, uma indicação, por parte da editora, de que este é o primeiro volume de uma série seria um serviço ao leitor.

Méritos também para a arte computadorizada de Nathan Jurevicius, especialmente pelo bom uso das cores, que se tornam um belo chamariz para o leitor.

Completam a edição uma entrevista com o autor e diversas imagens: fotos dos toy arts da série, ilustrações computadorizadas e desenhos à mão de Jurevicius – ele sempre começa a arte assim.

Scarygirl é um enorme sucesso como game online, no merchandising e há uma animação da série sendo produzida. Para saber mais sobre a série, vale a pena visitar seu site oficial, no qual é possível jogar gratuitamente.

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.