SPAWN # 103

Por Rodrigo L. Monteiro
Data: 1 dezembro, 2001

Spawn #103Título: SPAWN # 103 (Editora Abril) – Revista mensal

Autores: Todd McFarlane & Brian Holguin (texto), Angel Medina (lápis), Danny Miki & Victor Olabaza (nanquim), Brian Haberlin, Dan Kemp & Haberlin Studios (cores).

Preço: R$ 3,50

Data de lançamento: Janeiro de 2002

Sinopse: Um executivo do mercado financeiro adquire um abajur vindo de um campo de concentração nazista que, além de ter pertencido a um alto oficial alemão, tem uma característica peculiar: a armação que protege a lâmpada é revestida de pele humana, com uma curiosa tatuagem impressa.

A pele em questão era de uma prisioneira desse campo, que fora pretendida pelo oficial dono do abajur. Spawn decide, então, fazer uma visitinha ao novo dono do objeto, fazendo-o passear pelas memórias do oficial da SS a quem o estranho abajur pertencera.

Positivo/Negativo: Depois dos eventos mostrados em Spawn #100 e #101, o Soldado do Inferno parece sem rumo. McFarlane e Holguin aparentam não saber bem para onde guiar o personagem, agora que o foco principal das histórias – a luta entre Céu e Inferno, tendo o “cara-de-hambúrguer” como a figura que poderia fazer a balança de poder pender para um lado ou outro – foi dissipado com a morte de Malebólgia e Spawn prefere atua como agente independente.

Essa edição 103 é uma prova disso, já que é a típica história que não acrescenta absolutamente nada ao personagem.

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.