Star Wars # 2

Por Thiago Rique
Data: 20 abril, 2016

Star Wars # 2Editora: Panini Comics – Revista mensal

Autores: Skywalker ataca – Parte 2 – Jason Aaron (roteiro), John Cassaday (desenhos) e Laura Martin (cores) – Originalmente em Star Wars # 2;

O último Padawan – Parte 1 – Greg Weisman (roteiro), Pepe Larraz (desenhos) e David Curriel (cores) – Originalmente em Kanan – The Last Padawan # 1.

Preço: R$ 6,90

Número de páginas: 48

Data de lançamento: Setembro de 2015

Sinopse

Skywalker ataca – Parte 2. Darth Vader chega a Cymoon 1 e inicia uma intensa investida contra o ataque rebelde começando por confrontar o jovem Luke Skywalker. Enquanto isso, Han e Leia tentam salvar os trabalhadores escravizados e C-3PO busca defender a Millenium Falcon do ataque de sucateiros.

O último Padawan – Parte 1 – Uma missão no planeta Kaller junto aos rebeldes faz Kanan recordar seu passado como padawan e os trágicos últimos dias da ordem jedi.

Positivo/Negativo

Skywalker ataca entra num ritmo ainda mais frenético e empolgante. Jason Aaron leva a trama a uma correnteza de momentos emocionantes, trazendo o primeiro confronto entre Luke e Vader, discussões habituais entre Han e Leia, mais demonstrações de poder bruto de Darth Vader e o humor de C-3PO.

Além disso, unifica mais o universo visual dos três filmes iniciais da franquia com John Cassaday, mostrando, numa trama que se passa após o Episódio IV, veículos como o AT-AT e as speedbikers, apresentados respectivamente nos Episódios V e VI.

Há ainda vários fatos relevantes para a mitologia de Star Wars ocorrendo de maneira espetacular, como acompanhar os primeiros passos de Vader na descoberta da identidade real de Luke e o confronto do sith com um AT-AT, um daqueles grandes veículos de neve vistos em O Império contra-ataca.

Mas, por mais divertida que a trama seja, o verdadeiro destaque desta edição fica para a estreia de Kanan – O último Padawan. Passada entre os Episódios III – A vingança dos Sith e IV – Uma nova esperança, o título mostra as aventuras do líder rebelde começando seus dias como padawan.

Este primeiro arco é um conto sensível e, ao mesmo tempo, vibrante. Greg Weisman acerta no tom ao trazer para a história o misticismo, a beleza e o mistério envolvendo a ordem jedi. Ele mostra Kanan ainda em sua identidade real, Caleb Dume, vivendo os últimos dias da República ao lado de sua mestra, enquanto esta, como tantos outros cavaleiros jedi naquele período, liderava um pelotão de clone troopers durante as Guerras Clônicas.

A dinâmica entre aprendiz e mestre é o ponto alto do roteiro e um deleite para todos que gostam de Star Wars por causa dos guardiões da velha República.

A revista traz ainda um minipôster na página central, reproduzindo a excelente capa de John Cassaday com a cômica cena envolvendo Han, Chewbacca, Darth Vader e todo um destacamento de stormtroopers.

Star Wars, agora com Kanan no mix, tem tudo para se tornar uma das melhores revistas da franquia em circulação no Brasil em muitos anos.

Classificação

3,5

• Outros artigos escritos por

.