Superman # 5 – Abril – Premium

Por Samir Naliato
Data: 6 abril, 2001

Superman Premium # 5Editora: Editora Abril – Revista mensal

AutoresSuper-Homem – Stuart Immonen (roteiros, desenhos e pinturas) e José Marzan Jr. (arte-final);

Liga da Justiça – John Acurdi (argumentos), Scott Eaton (desenhos) e Ray Kryssing (arte-final).

Preço: R$ 9,90

Data de lançamento: Dezembro de 2000

Sinopse

A primeira história revela todos os segredos da misteriosa Condessa Érika, a esposa de Lex Luthor, trazendo sua vida no século passado e a linhagem de sua família.

A trama é sempre contada em dois tempos; um mostrando os eventos do passado, num estilo de arte (pinturas) diferente, e outro no presente, em plena época de final do ano, explicando como todos os eventos começam a se entrelaçar depois da descoberta dos tesouros de um navio que naufragou em 1899, na costa da ilha S. Aghete.

Todo o trabalho de recuperação das relíquias é patrocinado por… adivinhe! Isso mesmo: Lex Luthor. Então, o leitor descobre que a única maneira de salvar o mundo de uma poderosa força destrutiva, pode ser o sacrifício de Lena, a filha do maior inimigo do Super-Homem.

A aventura seguinte apresenta Anateus, um herói que, depois de fracassar em um resgate e deixar uma família morrer em um incêndio, decide se aperfeiçoar e modifica seu corpo, para ficar mais poderoso e não cometer mais falhas. Ele acaba chamando a atenção da Liga da Justiça que, após comprovar seu potencial, o convida para integrar a equipe.

Anateus enxerga uma grande possibilidade para ajudar mais ainda as pessoas, mas até que ponto ele pode ir? Os heróis devem se envolver na vida e nas decisões das pessoas normais? O que acontecerá se decidirem intervir nos países governados por ditadores? Será que os superseres estão prontos para arcar com as conseqüências? Estas e outras perguntas são respondidas nessa história.

Positivo/Negativo

Esta edição é um pouco diferente das outras Premiuns publicadas até agora, pois apresenta apenas duas histórias.

A primeira conta com os desenhos de Immonen, mas o que chama mesmo a atenção é a parte pintada da arte, narrando fatos acontecidos no passado. Belíssimas páginas que foram realçadas pelo formato da revista.

Fica difícil destacar um ponto forte nessa edição, e a mesma dificuldade existe para destacar algo negativo. Todo o conjunto é muito forte e equilibrado, desde a capa até a última página. Enfim, vale a pena!

Classificação

4,0

• Outros artigos escritos por

.