Superman – Lois & Clark

Por Thiago Rique
Data: 23 dezembro, 2016

Superman – Lois & ClarkEditora: Panini Comics – Edição especial

Autores: Dan Jurgens (roteiro), Lee Weeks, Marco Santucci, Neil Edwards, Stephen Segovia (desenhos), Scott Hanna, Sergio Cariello, Lee Weeks, Neil Edwards, Art Thibert, Jay Leisten (arte-final) e Brad Anderson e Jeremy Cox (cores) – Originalmente em Superman – Lois & Clark # 1 a # 8.

Preço: R$ 25,90

Número de páginas: 192

Data de lançamento: Setembro de 2016

Sinopse

Vindos de um universo que consideram morto, Superman e sua esposa Lois, acompanhados do filho recém-nascido Jonathan, tentam refazer suas vidas em uma Terra transformada, onde a história transcorreu de forma diferente.

Dentre perigos e ameaças novos e antigos, tanto o herói quanto sua esposa procuram fazer a diferença nesse novo mundo, enquanto descobrem suas novas obrigações como pais.

Positivo/Negativo

As histórias compiladas nesta edição são o resultado da minissérie Convergência que, como consequência direta, trouxe de volta à continuidade atual o Superman e a Lois Lane pré-Novos 52. Se, por acaso, você não leu o arco ou o especial Convergência – Superman (todos lançados aqui pela Panini), não se preocupe: há bastante contextualização de flashbacks para situar o que rolou.

O destaque aqui é ver concretizado, ao menos com uma versão do personagem, algo que já foi explorado em filmes e histórias de realidades alternativas durante décadas: o Homem de Aço agora é oficialmente pai, seu filho tem 9 anos e se chama Jonathan “Jon” Samuel, nome em homenagem a seus avôs terrestres, Jonathan Kent e Samuel “Sam” Lane.

O veterano Dan Jurgens entrega um arco com sensibilidade e ação, resultando numa das melhores experiências com o Superman desde a passagem de Grant Morrison pelos Novos 52. Ironicamente, ele também acaba apresentando um de seus melhores trabalhos com o herói desde A Morte / O Retorno do Superman, ciclo do qual foi coautor, sem mencionar uma das mais emblemáticas interpretações de Lois Lane vistas nas últimas décadas.

Jonathan acaba sendo uma grata surpresa ao ser representado como um garoto incrivelmente normal, sem incorrer em muitos arquétipos ou estereótipos do gênero nos quadrinhos. A identificação do leitor com ele é imediata.

Apesar de se passar no presente, a trama explora os nove anos do casal na Terra dos Novos 52, onde se pode acompanhar os primeiros anos e desenvolvimento de Jonathan, enquanto seus pais levam vidas duplas dividindo seu tempo como moradores de uma pacata fazenda e lutando contra o mal, desastres naturais e injustiças sociais, cada um à sua maneira.

Os desenhos ficam, em grande parte, com outro veterano: Lee Weeks. E ele, como sempre, apresenta um trabalho consistente, sofisticado, detalhista e emocionante. A tarefa é divida com outros nomes experientes, como Art Thibert e Sergio Cariello e alguns fill-ins de Neil Edwards e Stephen Segovia, autores novos, mas que mantêm a consistência mantida pela velha guarda na qualidade da arte apresentada no volume.

O ponto fraco da edição é um problema comum na indústria estadunidense de quadrinhos atual. A publicação começou como uma série mensal, as vendas foram despencando a ponto de a DC mudar e fixá-la como uma minissérie a ser terminada na oitava edição.

Fica claro durante a leitura que há uma acelerada a partir do número # 6, para encerrar a série sem pontas soltas. Em geral, não chega a prejudicar o roteiro, apesar do senso de urgência assumido pela trama nas duas últimas histórias.

Se você virar fã da família de aço (e o encadernado deixa pouco espaço para isto não acontecer), não se chateie: esta compilação é, de fato, uma preparação para outro evento no horizonte da DC no Brasil: Rebirth.

Sua leitura, aliás, é indispensável se pretende acompanhar o arco e os desdobramentos envolvendo ambos os Supermen (este e o atual dos Novos 52), Lois e Jon dali por diante. Mas também funciona para quem quer apenas uma boa e despretensiosa HQ envolvendo um momento único na vida de um dos maiores personagens dessa mídia.

Classificação

3,5

• Outros artigos escritos por

.