Un Romanzo di G. L. Bonelli – Il Massacro di Goldena

Por G. G. Carsan
Data: 19 dezembro, 2008
MATERIAL IMPORTADO

 

Un Romanzo di G. L. Bonelli - Il Massacro di GoldenaEditora: Sergio Bonelli Editore – Livro

Autores: G. L. Bonelli (escritor), Aldo di Gennaro (ilustrador), Galep (capa) e Sergio Bonelli (editor).

Preço: não consta (revista veio de brinde com Tex # 575, comemorativa aos 60 anos do personagem)

Número de páginas: 96

Data de lançamento: Setembro de 2008

Sinopse

Il Massacro di Goldena é a história de Fraser, um renegado que se junta aos apaches rebeldes para realizar saques na área da fronteira com o México.

Enquanto coleta informações da cidade de Goldena, que pretende saquear, mata o tempo jogando pôquer e é flagrado trapaceando. É expulso a chicotadas preso ao lombo de um cavalo – e esbraveja uma terrível vingança.

Tex e um pelotão de rangers que caçavam os apaches seguem as pistas de Fraser, mas são induzidos ao erro por causa de um truque. Assim, se afastam da cidade.

Fraser e seus aliados atacam a cidade covardemente à noite e saqueiam, matam e tocam fogo, dando-se ao luxo de fazer as mulheres prisioneiras.

Agora só resta a Tex e seu grupo cortar a passagem do bando que fugirá para o México, armando uma desesperada arapuca num cânion. Mas os inimigos são muitos e têm as reféns.

Positivo/Negativo

Tex surgiu nas bancas em setembro de 1948 e este romance estrelado pelo personagem e escrito por G. L. Bonelli foi lançado em 1951.

Bonelli escreveu diversos romances de aventuras, como Il Corriere SegretoLe Tigri dell’AtlanticoI Fratelli Del Silenzio e Il Crociato Nero.

Il Massacro di GoldenaIl Massacro di Goldena foi lançado com pompa, falando de um excepcional número único que revelava um episódio inédito da vida de Tex e os dizeres: um trapaceiro renegado… a ferocidade sem piedade dos apaches… um crime assustador… uma tremenda punição… Eram aperitivos para os amantes do faroeste dos anos 1950.

Em 1969, Bonelli resolveu transformar o romance em uma aventura de HQ. Ilustrada por Giovanni Ticci e intitulada Massacro!, saiu em Tex # 109 (no Brasil, Tex # 16 – Território apache).

A leitura é rápida e direta, sem delongas, transportando o leitor para o desfecho inusitado e carregado de emoções. O texto transmite a imagem de um Tex duro, seguro e infalível, travestido de guardião e vingador.

O editor Sergio Bonelli, com este brinde comemorado por milhares de leitores de Tex, faz uma homenagem aos 100 anos do nascimento de seu pai e criador doranger, completados neste dezembro de 2008. G. L. Bonelli faleceu em janeiro de 2001.

As primeiras 20 páginas são de homenagem pura ao pai dos quadrinhos italianos. O prefácio de Giovanni Ticci relata o seu primeiro encontro com os Bonelli, em meados da década de 1960, com suas impressões daquele grande homem e de seu filho Sergio.

A seguir, Mauro Marcheselli, redator-chefe da Sergio Bonelli Editore, faz um passeio pela obra romancista de G. L. Bonelli.

Um ponto alto da edição, de certo modo revista, é a introdução de belíssimas ilustrações realizadas por Aldo di Gennaro, com base no roteiro. O desenhista já fez por merecer desenhar uma aventura completa de Tex.

O trabalho gráfico merece nota máxima, seja pela qualidade da impressão, pelas capas ou pelo miolo em papel de ótima qualidade. Sem dúvida, um presente e tanto para os texianositalianos.

Classificação

5,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.