VINGADORES INVASORES # 2

Por Amalio Damas
Data: 3 julho, 2009


Autores: Alex Ross e Jim Krueger (texto), Steve Sadowski (desenhos) e Inlight Studios (cores).

Preço: R$ 6,50

Número de páginas: 48

Data de lançamento: Maio de 2009

Sinopse: Namor encontra-se com sua versão futura no fundo do oceano para uma conversa nada amigável.

O soldado Paul Anselm, que foi transportado no tempo junto com os Invasores, também faz uma visita ao seu eu futuro.

Enquanto isso, os Invasores conseguem se libertar de suas celas e promovem uma verdadeira guerra no aeroporta-aviões da S.H.I.E.L.D.

A equipe de Vingadores renegados chega no meio da luta, porém uma visita inesperada pode mudar o rumo da batalha.

Positivo/Negativo: Este número tem ação ininterrupta do começo ao fim. A batalha e a conversa entre as duas versões do Namor são muito interessantes, pois mostram como o tempo pode mudar as noções de certo e errado, mesmo para um ser superpoderoso como o Príncipe Submarino.

Agora fica claro que os Vingadores renegados também querem mandar os Invasores de volta à sua época e, por isso, tentarão resgatá-los no aeroporta-aviões da S.H.I.E.L.D., para evitar que ocorram alterações drásticas na realidade.

Para tanto, o fluxo do tempo é mantido por uma barreira mística imposta pelo Dr. Estranho.

Resta saber quanto tempo essa situação pode ser mantida e que mudanças podem acontecer na realidade atual.

Novas situações inseridas na trama colaboram para manter o interesse, como o incômodo do Tocha Humana original com a destruição dos modelos de vida artificial da S.H.I.E.L.D., a descoberta de que o cubo cósmico pode ter trazido os Invasores ao presente, ou a tentativa de Tony Stark de deter os Invasores sem usar sua armadura.

É interessante notar a manutenção do perfil de estrategista de Stark, quando ele explica que os heróis acreditam ainda estar em guerra e que devem ser poupados de revelações sobre o presente enquanto não forem enviados de volta ao passado.

Fica a dúvida se ele estava ciente sobre os testes científicos feitos no Centelha para verificar sua condição mutante.

Os desenhos também melhoraram e a narrativa está mais dinâmica, ressaltando a belíssima splash page mostrando o início do confronto entre as duas equipes de Vingadores.

Mas o melhor ficou para o final, quando o novo Capitão América encontra-se com ele mesmo mais jovem, na pele do cabo Bucky Barnes.

 

Classificação:

4,0

• Outros artigos escritos por

.

.

.