As supermascotes do futebol brasileiro

Por Marcus Ramone
Data: 19 fevereiro, 2016

Revista PlacarEm 1995, o então diretor de redação da revista Placar, Marcelo Duarte, teve a ideia de revitalizar as mascotes dos clubes de futebol, que ele achava ultrapassadas. Pensou em algo que significasse o poder e a força que os times representam.

A era Image, na qual supertipos anabolizados e anatomicamente inverossímeis eram a bola da vez, estava no auge. Assim, sob encomenda do jornalista, os desenhistas Libero Malavoglia e Donizete Amorim – da equipe do estúdio Art & Comics – seguiram a tendência e transformaram as velhas e passivas mascotes nos Super-Heróis da Bola: Mega Timão (Corinthians), Power Urubu (Flamengo), Lança-Chamas (Botafogo), Cyberpork (Palmeiras), Galo Vingador (Atlético-MG), Fox (Cruzeiro), Thunder Tricolor (São Paulo), Colorado do Espaço (Internacional), Terminator (Fluminense), Aquatômico (Santos), Capitão Vasco (Vasco) e Espadachim Azul (Grêmio) formavam o mais novo esquadrão de paladinos da justiça.

A Editora Abril pretendia popularizá-los até que pudessem estrelar uma revista em quadrinhos própria, que se chamaria Cyberbol (nome provisório da equipe de supermascotes).

Durante vários números da Placar, eles foram tema de matérias, capa de edição e chegaram a ganhar um superpôster e uma HQ curta. Mas a iniciativa não surtiu efeito, o público não ficou animado com a inovação e o projeto foi engavetado.

Mascotes do futebol brasileiro

Mascotes do futebol brasileiro

 Mascotes do futebol brasileiro

• Outros artigos escritos por

.

  • Que bosta, hein? Mais uma tentativa débil de aliciar crianças e jovens para a inutilidade do futebol.

    Mas Líbero é o máximo.

    • W. W. Barros

      Alguns poderiam pensar: “Mais uma tentativa débil de aliciar crianças e jovens para a inutilidade dos quadrinhos”

    • Wendel Prudente

      Que comentário bosta

  • Bruno Arcanjo

    Que bacana. Hahaha Poderia ter dado certo. Nada melhor que futebol e quadrinhos.

  • Isso lembra o projeto “Guardians” que a NHL tentou emplacar com o Stan Lee, mas também naufragou…

  • Canoa Furada

    Tem que colocar um aviso lá em cima:

    ATENÇÃO!!! As imagens a seguir podem ferir as audiências mais sensíveis, visualização a critério do leitor.

    Acho que até hoje as combinações mais legais de futebol + HQ’s foram produzidas em terras japonesas. Vai Tsubasa!

  • Henrique Brum Carvalho

    ideia legal até…mas fraquinho os desenhos…bom Liefield era referencia na epoca né

  • Sobre o que seriam as histórias? tacar fogo em ônibus, arrebentar banco de arquibancada e esconder ossos no cimento?

  • Flávio Uterino

    Meu, que tosqueira do mal… eu vi isso na época e me dava vergonha alheia quando tava lendo essa revista. Nem sabia que era um “projeto” maior. Achava que era falta de pauta mesmo…

  • Caíque Guirao

    A ideia é bacana e tem quase tudo pra dar certo, mas o traço poderia ser mais amigável.

    Se tentarem refazer, mas numa pegada igual a essa, a chance de não dar certo novamente, é grande.

  • O pior de dois mundos.
    Image comics feelings