Por onde andará o Deadpool da vida real?

Por Marcus Ramone
Data: 24 maio, 2017

O fenômeno dos vigilantes mascarados do mundo real transformou em herói diletante um dos mais incorretos mercenários dos quadrinhos.

Ele afirmava ter entre 20 e 30 anos de idade e morava na cidade de Wenatchee, Washington, nos Estados Unidos, onde, a partir de 2011, fazia patrulhas regulares para combater o crime, vestido como ninguém menos que Deadpool, o anti-herói da Marvel Comics.

Segundo o jornal Wenatchee World, Deadpool, em seus primeiros anos de vigilantismo, distribuía pela cidade alguns milhares de panfletos em que dizia ser um “super-herói” a serviço da comunidade e pedia a todos que não se assustassem ao vê-lo se aproximando para ajudar alguém. Até um e-mail de contato foi divulgado: ncwdeadpool@hotmail.com.

Mas o super-herói da vida real admitia enfrentar dificuldades com a recusa de algumas pessoas em receber uma ajuda simples, como deixá-lo protegê-las da chuva.

De acordo com o WW, a polícia não tinha nenhuma queixa contra Deadpool e até encorajava suas boas ações, desde que ele não “forçasse a barra” contra quem não desejasse ser ajudado e evitasse situações de perigo (para ele e para os outros).

O vigilante mascarado parece ter entendido o recado. “Testemunhando um crime em andamento ou que acabou de acontecer, farei meu dever civil, chamando a polícia e deixando o criminoso sob a custódia dos cidadãos, até os policiais chegarem. Só quero ajudar a comunidade, não causar mais problemas do que aqueles que busco resolver”, disse ao jornal.

Curiosamente, apesar do sucesso de Deadpool no cinema, sua contraparte da vida real não está mais na ativa. Repentinamente, acabaram as patrulhas, os folhetos deixaram de ser distribuídos e seu e-mail se encontra desativado.

Ele parece não estar fazendo falta. Mas a comunidade de  super-heróis da vida real nos Estados Unidos ganhou um toque de mistério para apimentar as discussões sobre o tema.

• Outros artigos escritos por

.

  • Thiago A.

    Hahaha