Rock’n’Roll Comics: o mundo do rock em quadrinhos

Por Marcus Ramone
Data: 23 setembro, 2015

Em 1989, o norte-americano Todd Loren, inveterado fã de rock e quadrinhos, fundou a editora independente Revolutionary Comics, para unir suas duas paixões e ainda ganhar dinheiro com isso.

Assim nasceu a revista Rock’n’Roll Comics, que a cada edição apresentava a biografia não autorizada em quadrinhos de bandas roqueiras, embora ídolos da música pop da época – como os New Kids on the Block – tenham chegado às páginas do gibi.

A editora sofreu diversos processos judiciais dos artistas biografados na revista, até que a Corte Federal dos Estados Unidos evocou a Primeira Emenda da constuição norte-americana – que versa sobre a liberdade de imprensa – e classificou as HQs da Rock’n’Roll Comics na categoria de reportagem ilustrada, inocentando a Revolutionary Comics.

Em 1991, a revista chegou a ganhar uma série de reedições, paralela à publicação original, dessa vez com mais páginas.

Hard Rock Heroes The Beatles Experience

Kiss, Bon Jovi, Motley Crue, Metallica (cuja edição vendeu mais de 75 mil cópias) foram alguns dos títulos publicados na Rock’n’Roll Comics, que durou 53 edições, até 1994 – quando a editora também chegou ao fim.

No Brasil, no início dos anos 1990, o gibi ganhou destaque em algumas revistas informativas do segmento roqueiro e virou objeto de desejo entre os metaleiros tupiniquins, muitos dos quais conseguiam as edições importadas dos Estados Unidos, já que a revista nunca foi publicada no País.

O hiato de 16 anos foi encerrado no início de 2010, quando a Revolutionary Comics se ergueu das cinzas graças à Bluewater Productions, que propôs uma parceria para o relançamento da Rock’n’Roll Comics, trazendo de volta as HQs originais.

O primeiro título foi Hard Rock Heroes, trazendo em 240 páginas as biografias de Ozzy Osbourne, AC/DC, Black Sabbath, Motorhead, Skid Row e vários outros ícones do rock pesado.

Depois, The Beatles Experience, que veio com alguns materiais inéditos, como as ilustrações de Stuart Immonen (Legião dos Super-Heróis). O álbum, com 240 páginas, foi publicado no Brasil em 2014, pela NFL Zine Editora.

The Sixties The Pink Floyd Experience

Até mesmo nomes que hoje estão esquecidos – mas que nos anos 1980 estiveram no auge do sucesso -, como as rock’n’rollers Joan Jett e Lita Ford, ganharam espaço na rediviva série de quadrinhos biográficos.

The Pink Floyd Experience chegou com a história daquela que é considerada a maior expressão do rock progressivo no planeta. A edição reuniu os cinco títulos estrelados pela banda na Rock’n’Roll Comics original.

Outros títulos foram publicados , como The Sixties, com vários dos clássicos artistas e bandas da década de 1960 (Jimi Hendrix, Janis Joplin, Yardbirds e Grateful Dead); A Rock Pantheon, que vai de Rolling Stones a Bruce Springsteen, passando por Eric Clapton, Aerosmith, Alice Cooper, ZZ Top, The Jackson 5 e outros; e The Art of Rock, apresentando Queen, David Bowie, Frank Zappa, Rush, Genesis e muito mais astros.

The Led Zeppelin Experience – com bastante sexo, drogas e rock’n’roll em 144 páginas – e The Elvis Presley Experience deram continuidade à coleção, que se encerrou com os lançamentos de SMASH! A Punk/Alternative Retrospective – trazendo Sex Pistols, Ramones, R.E.M., Jane’s Addiction, Nirvana, Red Hot Chili Peppers, Alice in Chains, Pearl Jam e Dead Kennedys, dentre outros – e Hip-Hop and Funk Heroes, que saiu do rock para homenagear Public Enemy, 2 Live Crew, NWA, Ice Cube e mais destaques da black music dos Estados Unidos.

Desde então, a Bluewater vem produzindo material inédito, como Ozzy Osbourne: The Metal Madman e Orbit Metallica.

Led Zeppelin Elvis Presley

• Outros artigos escritos por

.

.

.