Capa e detalhes de Dylan Dog da Editora Lorentz

Por Samir Naliato
Data: 19 abril, 2017

Dylan Dog, o detetive do Pesadelo, é uma dos mais aclamados personagens da Sergio Bonelli Editore. E está voltando ao Brasil.

Como noticiado pelo Universo HQ no início deste ano, a Editora Lorentz lançará três edições em comemoração aos 30 anos de Dylan Dog (completados no ano passado), e a primeira delas chega agora em abril.

Dylan Dog – Retorno ao Crepúsculo (formato 15,5 x 21 cm, 100 páginas, capa plastificada, R$ 16,00) conta com roteiro de T. Sclavi e desenhos Montanari & Grassani. Na trama, Dylan Dog retorna à Inverary, uma cidade macabra situada além da imaginação… na zona do crepúsculo.

No dia 26 de abril, a edição chega na loja Tutatis, em Porto Alegre/RS. A distribuição para demais localizades está a cargo da distribuidora, e a previsão é ficar disponível em São Paulo e Rio de Janeiro no dia 28 de abril.

Dylan Dog

• Outros artigos escritos por

.

  • Pedro Bouça

    Recomendo a todos!

  • Dimas Mützenberg

    Será que chega no NE?

  • Fernando Ribeiro

    Não vejo a hora de tela mas minhas mãos

  • James Howllet

    Caixa!
    Agora…Ainda muito triste pela forma como ken Parker é publicado atualmente no Brasil.

    • Victor Vitório

      Verdade. Comecei a ler Ken Parker em dezembro c a #6 da Tendência e Um Príncipe para Norma. Consegui pela internet e em viagem algumas da Mythos e da Vecchi, já que em Recife KP provavelmente não existe. Cada formatinho custa 3x menos q as da Tendência, mas a superioridade do tamanho italiano é inegável. Aos poucos eu chego lá, mantendo essa mistura de edições. Só as do Cluq q passo longe, 80,00 é surreal.

      • James Howllet

        Ken Parker não existe no Nordeste!

      • Marquito Maia

        O preço correto é R$65,00! O que, concordo, é uma paulada, mas qual seria a alternativa, visto que as “grandes” editoras da República de Banânia ignoram o personagem?

    • Victor Vitório

      E alguém sabe explicar como Tex consegue 5 edições por mês + especiais??? Enquanto os outros Bonelli ficam à mingua. Aventuras de uma Criminóloga vende pouco, mas nem a #100 colorida os leitores receberam…
      N precisava nem reeditar tudo, um Julia – Histórico/Ouro já era alguma coisa.

      • James Howllet

        Penso que a Mythos deveria mirar esse nicho de álbuns de luxo (C.P.C. !) somente. Sei que existem N fatores para o fumettis perderem o apelo de épocas passadas, mas não será a Mythos ou essa outra “editora” que publica “Ken Parker” que irão justificar uma linha decente deste material.

  • kriminal diabolik

    esperando ansiosamente, terror é bom …em Dylan dog é melhor ainda.

  • Rosa Cunha

    Pena que na minha cidade só chega Tex e Zagor.

    • Banzé Menezes

      Você pode comprar junto a Lorentz, Rosa. O frete é bem pequeno.

  • Excelente! Que as vendas sejam boas para que a editora pense em publicar mensalmente!

  • 0-Drix

    Coisas que eu não entendo com relação ao quadrinhos NO Brasil: não termos The Spirit publicado na íntegra e de forma decente, não termos Love & Rockets publicado na íntegra até hoje e não termos Dylan Dog publicado periodicamente há mais de duas décadas ininterruptas.

  • Sh0ck_On3

    Ouvi dizer em alguns forúns que tá sendo melhor pedir na net, um website confiável que você pode adquirir a edição é no TexBrShop

    • Heberton Arduini

      Ja comprei nessa loja… Obrigado pela dica. Vou procurar por la quando lançar.

      • Victor Vitório

        Já está em pré-venda lá.

        • Leandro Fonseca

          Esse site é confiável?

    • Victor Vitório

      Fui procurar esse site e os lançamentos estão no preço de capa. Ok. Então resolvi pesquisar Ken Parker e os preços são surreais! Cobram 40-50 em formatinhos da Mythos e da Vecchi nos quais paguei 10, e 150 nas Tapejara q comprei por 50. Po, as da Best News tão por 100, e comprei por 12…

  • Mr_MiracleMan_Jr

    Boa notícia. Vou conversar com meu jornaleiro para saber se ele vai receber.

  • Victor Vitório

    Desejo sucesso a essa humilde e bem vinda empreitada. Eu mesmo nunca li Dylan Dog. Espero q chegue às grandes livrarias, pois às bancas de Recife acho difícil.

  • Eduardo Cesar Diniz

    Não concordo com uma revista mensal de Dylan Dog, porque é bem claro que aqui no Brasil esse formato só se sustenta para personagens medalhões, devido a péssima distribuição nacional não conseguir atinguir todos os leitores e o título acabaria cancelado depois de alguns meses. Júlia Kendall, por exemplo, é um título excelente, mas segue bimestralmente, a trancos e barrancos, por um preço absurdo (o que por si só já afasta os leitores) e mesmo onde moro, no Grande ABC, a maioria das bancas nem chega mais. Ou fica meses sem vir e do nada, aparece um exemplar perdido. Mas sou a favor de uma publicação periódica, com coletânias de histórias ou arcos fechados, que consiga ser vendido, além das bancas, em mega stores e livrarias, o que atingiria um público maior e sustentaria a longevidade da publicação.

  • Isnevers

    Se a proposta é uma série comemorativa e mirando possível continuidade, a capa poderia ter um cuidado especial. Achei a capa feia e não há qualquer menção aos
    30 anos do personagem. Sei lá, mas acho que esses pequenos detalhes são importantes, ajudam a captar leitores que não conhecem o personagem e poderiam se encantar com uma capa mais bacana.

    • Banzé Menezes

      A capa é a original italiana. O pessoal iria reclamar se a editora inventasse e criasse uma capa que foge do original. Por isso acho que a Lorentz acertou.

  • kriminal diabolik

    quem quer ajudar a manter a publicação deve aguardar verse chega em sua cidade ou comprar direto pelo facebook da editora foi o que me responderam…pois tem que vender o minimo em bancas, se não a distribuidora não vai mais pegar Dylan para vender…

  • kriminal diabolik

    quem quer ajudar a manter a publicação deve aguardar ver se dylan dog chega em sua cidade ou comprar direto pelo facebook da editora foi o que me responderam…pois tem que vender o minimo em bancas, se não a distribuidora não vai mais pegar Dylan para vender…