Conheça os vencedores do Festival de Angoulême de 2018

Por Sérgio Codespoti
Data: 29 janeiro, 2018

Foi divulgada a seleção oficial dos vencedores do tradicional Festival Internacional de Quadrinhos de Angoulême, na França. A premiação engloba os lançamentos de 2017.

O vencedor do Grand Prix, o grande prêmio do Festival, foi Richard Corben.

La Saga de Grimr, de Jérémie Moreau, publicada pela Delcourt, ganhou na categoria Melhor Álbum.

Dans la combi de Thomas Pesquet, de Marion Montaigne, da editora Dargaud, ganhou na categoria Prêmio do Público – Cultura.

Les Amours suspendues, de Marion Fayolle, da editora Magnani, faturou o Prêmio Especial do Júri.

Megg, Mogg & Howl  Happy Fucking Birthday, de Simon Hanselmann, da editora Misma, foi vencedor na categoria Prêmio de Série.

Beverly, de Nick Drnaso, da Presque Lune Editions, ganhou na categoria Revelação.

La Guerre de Catherine, de Julia Billet e Claire Fauvel, da editora Rue de Sèvres, ganhou na categoria Juventude.

Je suis Shingo – Volume 1, de Kazuo Umezu, publicado pela Le Lézard Noir, ganhou na categoria Patrimônio.

Jean Doux et le mystère de la disquette molle, de Philippe Valette, da Delcourt, faturou o Fauve Polar – SNCF (categoria policial, patrocinada pelo Serviço Nacional Ferroviário da França).

E, para encerrar, Bien, Monsieur # 8, revista de 400 páginas com tiragem de 400 exemplares, ganhou na categoria HQ Alternativa, na qual também concorriam alguns quadrinhos brasileiros.

• Outros artigos escritos por

.

.

.