Elektra Assassina e O Evangelho Segundo Lobo são mais dois relançamentos da Panini neste final de ano

Por Samir Naliato
Data: 25 novembro, 2016

Elektra AssassinaUniverso HQ noticiou recentemente o lançamento de Ronin – Edição Definitiva, pela Panini Comics. Mas essa não é a única novidade da editora para este final de ano. Outros destaques foram preparados para a Comic Con Experience, evento que acontece entre os dias 1 e 4 de dezembro, na São Paulo Expo.

Elektra Assassina (formato 17 x 26 cm, 264 páginas, capa dura, R$ 68,00), clássica história da personagem que, assim como Ronin, foi escrita por Frank Miller. A obra conta ainda com arte de Bill Sienkiewicz, outro artista com presença confirmada na CCXP.

Ginasta e mestra em combates marciais, Elektra Natchios foi treinada na arte letal do ninjutsu pela organização criminosa conhecida como Tentáculo, tornando-se a mais perigosa arma viva do planeta. Ex-amante de Matt Murdock, o Demolidor, Elektra foi assassinada pelo inescrupuloso Mercenário, e depois trazida de volta à vida pelo mestre Stick e seus Virtuosos. Desde então, a aura de mistério em torno dessa personagem só cresceu.

Quando uma estranha mulher chega inconsciente às praias de um pequeno país da América do Sul, eventos terríveis começam a acontecer. Dois policiais são estrangulados. Um diplomata é assassinado. Um agente da SHIELD é brutalmente desmembrado. A ninja está de volta à ativa… e com um sentimento de ódio sem paralelo.

Ou relançamento é O Evangelho segundo Lobo (formato 17 x 26 cm, 208 páginas, capa dura, R$ 64,00), que reúne as minisséries O êltimo czarniano e Lobo está morto.

Na primeira história, o Maioral é enviado para capturar aquele que pode ser o mais perigoso alvo que já enfrentou: uma assustadora, terrível e infernal velhinha (com a incrível capacidade de tornar a vida de seu captor muito, mas muito miserável). Na sequência, o Lobo finalmente é detonado, mas tem um pequeno problema… nem Céu nem Inferno querem sua alma fétida e impura! E ele vai ter que tocar o terror nos dois lugares pra conseguir voltar pra Terra e ter sua vingança!

Keith Giffen, Alan Grant e Simon Bisley assinam esta edição.

A Panini já havia lançado essas duas histórias anteriormente.

Elektra Assassina saiu numa edição de capa cartonada, em 2005 (antes disso, foi publicada pela Editora Abril, em 1988). Já O Evangelho Segundo Lobo foi lançado em 2008, mas as minisséries que o compõem saíram antes por aqui pela Globo (O último czarniano, 1991) e Abril (Lobo está morto, 1994).

O Evangelho Segundo Lobo

• Outros artigos escritos por

.

  • Dimas Mützenberg

    Meu coração!

  • Demorou pra relançarem Elektra, hein? Tenho a mini original, o encadernado original e o encadernado de 2005. Tenho que comprar essa também, apesar do preço salgado.

    E pensar que fizeram aquela “bandida do funk” ridícula na série do Demolidor na Netflix e a chamaram de Elektra…

    • Homem Simpson

      Você ainda perde tempo vendo essas séries da Netflix mal-inspiradas nos personagens Marvel? Não dá para cobrar nada daquilo!

      • Marco1964

        Nossa, só recentemente assisti a primeira temporada de DEMOLIDOR e achei bom demais. Vincent D’Onofrio como Wilson Fisk está arrasador; Foggy Nelson e Karen Page, dentro dos conformes; Ben Urich negro? Ok, é a famosa cota; tem até o Bar da Josie e o célebre Tucão!
        Aliás, é uma sacanagem que nos créditos só apareça “Baseado nos quadrinhos criados por Stan Lee e Bill Everett”; deveria ser: “Baseado nos quadrinhos criados por Stan Lee e Bill Everett e na obra de Frank Miller”. Vai entender…
        Já a série do LUKE CAGE… (de memorável mesmo só o episódio com a origem dele, quase idêntica à dos quadrinhos, e com direito ao visual clássico dos anos 70!).
        E ainda não assisti JESSICA JONES, nem a segunda temporada de DEMOLIDOR.
        Enfim, ainda acho que as séries e filmes da Marvel até que são bem inspiradas perto das séries e filmes da DC!

        • Homem Simpson

          Reparei que você gostou mais dos coadjuvantes do que dos personagens principais… não é acidental: o Demolidor da Netflix não tem radar; a Jessica Jones não tem vergonha dos superpoderes que tem e o Cage não é um herói de aluguel, apesar de estar na pindaíba. Só coisinha sem importância na mitologia dos heróis que tentaram retratar, né?

  • Dyel Dimmestri

    Nada mal… agora só falta a Panini republicar “Elektra Vive”,”Batman:Louco Amor”(a origem da Arlequina contada pelos seus criadores Paul Dini e Bruce Timm),”A Era de Ouro”(excelente minissérie que nem todos leram;para muitos,uma prequel de “A Nova Fronteira”,do saudoso Darwin Cooke),e”Menz Insana”.
    E gostaria que a Panini se dignasse,em 2017,a publicar os outros dois volumes de “Batman:A Queda do Morcego”,o restante de “Starman” e a fase do “Miracleman” assinada pelo Neil Gaiman.e outra do Lobo,até hoje inédita por aqui: “Lobo Paramilitary Special Christmas”.Oh,sim…e “Lendas do Cavaleiro Das Trevas:Alex Toth”.

    • Alexandre Pinto Harich

      concordo Elektra Vive formato gigante e Era de Ouro também Miracleman

    • tuxinero

      Lobo Paramilitary Special Christmas já saiu pela Metal Pesado.

    • Peraí, EXISTE uma HQ do Lobo Paramilitary Special Christmas? Eu conhecia só o fan film com o cara que fez o Leatherface (Massacre da Serra Elétrica) e o Zangief (Street Fighter do Van Damme) no papel do Lobo…

      Panini, publica essa aqui AGORA! Tá na época pra isso!!!

  • Dumas Barão

    Duas compras obrigatórias que farei no tempo certo com o devido desconto. Alguém sabe por que não tem mais Checklist na página ?
    :-(

  • Tem Guerras Secretas Edição Especial também… Pelo q vi na pré-venda, parece ser em capa dura… Alguém sabe me dizer se essa hq da Elektra é independente do universo cronologico dela? Posso ler só essa hq sem nunca ter lido nada dela? E guerras secretas (antiga), vale a pena?

    • LOBO_O_Maioral

      Sim, pode ler.
      Não. Não vale a pena.

    • O Gato Socialista

      elektra é uma obra-prima.
      guerras secretas… passo.
      lobo… sem comentários…

  • Roberto Xavier

    Lobo e Guerras Secretas já estão em pré-venda na Fnac com 40% de desconto. Já fiz minhas reservas agora é só conter a ansiedade. rs.

  • Robert D’Aveon

    Putz… axo Lobo vs Papai Noel incrivelmente ruim.

    • Dimas Mützenberg

      Pô. Eu curto muito, principalmente por ser um grande fã da arte de Bisley, e acho aquela umas das suas melhores fases. O roteiro é um besteirol sem tamanho mas eu dou risada sempre que leio. Era uma paródia aos anti-heróis. A coisa do macho alfa levada ao ridículo, a violência que se estabeleceu nas HQs pós 80s usada da forma mais banal possível. É como se Giffen e Grant pensassem “É pra ser escroto? Vamo fazer escroto”. Mas sendo bem sincero, só sou muito fã do personagem nessa “trilogia” do Giffen, Grant, Bisley. O que veio depois realmente não me agrada mais tanto. Pelo menos do que saiu por aqui – Infantícidio, Lobocop, Manual do Caçador de Recompensa, etc – acho que virou a piada reciclada. E aí é aquela coisa, o personagem se torna o estereótipo que parodiava.

      • Beto Magnun

        Acho que se fosse pra republicar ela sairia junto com O Lobo vs Authority, já que na trama a equipe da wildstorm vai atrás do Lobo pra fazê-lo pagar pelo assassinato do velho da coca cola.

  • Dyel Dimmestri

    Bem Lembrado!! “Batman:O Messias” é uma daquelas histórias que se aproximam do gênero”terror psicológico”.outros títulos que a Panini poderia republicar:”Hulk e o Coisa-A Grande Mudança”,”Surfista Prateado-Os escravagistas”,”Doutor Estranho e Doutor Destino”,Mulher-Hulk do John Byrne (tanto a graphic novel quanto a série regular),”Gotham City 1889″e suas continuações diretas:”Mestre Do Futuro”e “A Oficina Do Diabo”(aonde o Batman une forças com o famoso mágico Harry Houdini),”Liga da justiça:Os Super Seven”(publicado aqui pela Abril na revista de linha do Superboy),”Às Inimigo:Um Poema De Guerra”,Os caçadores”de Mike Grell (o Arqueiro Verde pós-Crise)e,do mesmo autor,”O Guerreiro(Warlord)”.

    • Eduardo Roque

      Pena correção : apesar de c passar em época próxima “Batman /Houdini ” ñ é continuação das outras mas 1 Elseworld diferent

    • Enoque

      Precisava ser republicado Crise de Identidade, 52 e Os Sete Soldados da Vitória em encadernados capa dura. Próprio A Nova Fronteira também passou da hora de ser relançado. Ao invés disso me lançam pela terceira vez no ano Guerras Secretas …

    • Sim! Hulk e Coisa do Bernie e Gothan 1889 do Mignola! PRECISAMOS!!!!!!!!!

  • Heberton Arduini

    Essa do Lobo tenho as edições separadas e a da Elektra a versão de 2005 que pra mim ta de bom tamanho. Mas se é uma ediçãomque merece capa dira é essa e não esses encadernados da nova marvel e novos 52 que so servem ora fazer volume na estante.

  • O Gato Socialista

    sobre elektra assassina.

    espero que seja o mesmo material da edição definitiva da Abril, com extras, entrevistas, posters e etc… a edição definitiva da Panini em nada tem de definitiva; mas se essa edição em capa dura for a mesma da Abril, aí, sim, é definitiva.

    • Levi Trindade

      Olá, “Gato Socialista”. Eu tinha essa edição da Elektra Assassina e ela parecia apenas um “encalhernado”, ou seja, era um encadernado formado pelas edições separadas da minissérie, reunidas com uma capa cartão e lombada quadrada. Não me recordo de entrevistas nem de se chamar edição definitiva.
      Será que não estaria se referindo à Elektra Saga, uma publicação em formatinho que reuniu tudo sobre a Elektra?
      Abração,
      Levi Trindade
      Panini Comics

      • Homem Simpson

        Chequei aqui, com o exemplar que tenho. Há um material enxertado, no meio da história, com entrevistas e bastidores da obra, mas nada imprescindível…

      • Douglas Coelho

        Eram textos da Marve Age, da época em que a mini foi publicada. A Abril fez muito isso em algumas outras minis.

  • Dimas Mützenberg

    Pra mim é uma das minisséries mais subestimadas do Batman. Jim Starlin e Bernie Wrightson juntos e a galera fica fingindo que não viu. Vai entender. E diga-se de passagem, é uma grande referência no terceiro filme da trilogia do Nolan.

    • Melhor que muita bosta do Grant Morrison que a molecada fica pagando pau.

  • Falando em republicações, a Panini devia republicar Batman Ano 100 em capa dura. E deveria ter aproveitado a vinda dos artistas à ccxp e reimprimir Batman Cidade Castigada.

  • Eduardo Roque

    Essa ñ saiu há pouco tempo?

    • Pode crer, Eduardo! Saiu em 2011. Nem fiquei sabendo! De qualquer maneira, uma busca rápida diz que já está totalmente esgotada. Devem ter impresso umas 500 revistas, e a divulgação foi uma bosta como sempre.

  • Andre Freitas

    Tanto material antigo bom, e a Panini, só fica republicando os mesmos encadernados!!
    Eu quero Esquadrão Atari, a fase do Superman no espaço, O Mundo de Kripton, a JLA do Morrison, Hitman do Enis, entre outras .

    • Levi Trindade

      Olá, André.
      Alguns materiais são republicados mais rapidamente devido à demanda por ele. Alguns, por mais que a gente queira, não possuem uma base de fãs/pedidos tão grande.
      E Esquadrão Atari, infelizmente, só poderá ser publicado algum dia se a DC e a Atari entrarem num acordo. Ele não pode ser reimpresso de forma alguma. Tanto é que não existe encadernado desse material nos Estados Unidos.
      Cara, como eu gostaria que pudesse ser publicado…
      Abraços,
      Levi Trindade
      Panini Comics

      • Andre Freitas

        Sou grato pela resposta Levi, então a culpa é dos leitores que só lêem mais do mesmo!

        • Douglas Coelho

          A Panini poderia pensar numa forma de crowfounding para essas publicações que não são tão solicitadas.

          • Andre Freitas

            Pensei a mesma coisa, cansei desse ciclo de relançamentos, quero materias antigos, tanto os que já foram publicados quanto os que não foram e ainda os mutilados pela Abril.

  • Lobocop

  • Danillo Urquiza de Figueirêdo

    Ano passado a Panini anunciou o relançamento de Terra X , mas até agora nada. Alguém tem notícias??

  • Carlos

    Alguma chance de Moonshadow ser epublicado?