Graphite Editora anuncia novidades e próximo lançamento será Nathan Never

Por Samir Naliato
Data: 28 fevereiro, 2020

A Graphite Editora estreou no mercado de quadrinhos este ano publicando Brad Barron, personagem da Sergio Bonelli Editore (saiba mais aqui), e mais novidades estão programadas.

Em sua página no Facebook, a editora confirmou outros 11 títulos para este ano, todos da Bonelli, sendo seis no primeiro semestre, como Nathan Never – Volume 1Brad Barron – Volume 2, UTLegs Weaver, Maxi Nathan Never e Nathan Never Gigante. Aguarde mais detalhes em breve a medida em que os projetos forem sendo lançados.

As outras cinco novidades para o segundo semestre ainda não foram divulgadas.

O próximo título a ser publicado, Nathan Never – Volume 1, já está com uma campanha no Catarse disponível.

A edição terá formato 17 x 23 cm, 336 páginas (sendo 24 em cores), capa cartonada com orelhas e reunirá Nathan Never # 0 a # 3. A tradução será de Paulo Guanaes.

O personagem foi criado em 1991 por Michele Medda, Antonio Serra e Bepi Vigna.

Para saber mais sobre o projeto, ver as recompensas disponíveis e apoiar, clique aqui.

Nathan Never é um quadrinho de ficção científica. Após servir na Infantaria Espacial (uma alusão a Tropas Estelares), retorna à Terra e se torna policial. Sua obsessão pelo trabalho traz problemas com a esposa Laura Lorring, o que leva para um relacionamento extra-conjugal. Mas tudo desmorona quando a Laura é assassinada pelo criminoso Ned Mace, que fez sua a filha do casal, Ann, refém.

Sentindo-se culpado por ter estado ausente quando sua família mais precisou dele, Nathan se refugia na estação orbital Tersicore. Alguns anos depois, Edward Reiser, um empresário, propõe a ele que faça parte de sua agência de segurança, a Agência Alfa. Nathan aceita o convite, mas não é mais o mesmo homem. Triste e sozinho, quando não está absorto em suas investigações, se distrai com seus livros e discos antigos que, por alguma razão, adora colecionar.

As histórias mesclam o clássico policial urbano, a estética noir e o drama, com incursões ocasionais por outros gêneros, como o suspense político, o terror de sobrevivência e space opera. Este futuro se passa após uma terrível catástrofe com o magma do núcleo terrestre em 2024, evento que fez o mundo atrasar seu calendário em 78 anos, trazendo a Terra de volta ao ano de “1946”, a fim de implementar uma espécie de “renascimento psicológico”.

Atualmente, as histórias de Nathan Never se passam no ano 2105, o que equivaleria ao ano 2183 d.C. Portanto, final do Século 22.

Anteriormente, Nathan Never foi publicado no Brasil pelas editoras Globo, Ediouro e Mythos.

Nathan Never - Volume 1

Nathan Never - Volume 1

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • santos

    Nathan Never é de longe o melhor personagem do gênero de ficção científica dos quadrinhos, a leitura é deliciosa e lembra muito Blade Runner.

  • Nathan Never com 100 pgs p&b pela Mythos: R$ 26,90. Nathan Never com 336 pgs. sendo 24 a cores pela Graphite: R$ 40 (flex). Bom preço!

    Eu particularmente, gostei bastante do personagem ao conhece-los nas edições da Mythos. Ficou entre os meus favoritos dentre os quatro títulos formato italiano publicados pela editora.

  • 0-Drix

    Acho essas edições “tijolos” uma ótima opção para o material Bonelli! Seja pela economia de escala, seja praticidade da apresentação do material de leitura.