Metrô de Paris comemora os 60 anos de Asterix

Por Sérgio Codespoti
Data: 17 outubro, 2019

Para celebrar os 60 anos de Asterix, o metrô de Paris, na França, renomeou temporariamente 12 de suas estações.

A estação de Menilmontant se tornou Menhirmontant, uma referência aos menires de Obelix; a estação de Lyon virou Lugdunum, o antigo nome da cidade nos tempos romanos, e foi decorada com imagens do druida Panoramix; Place de Clichy passou a se chamar Place de Clichix; a estação École Militaire (Escola Militar) virou École Légionnaire (Escola Legionária); a estação da Bolsa, Bourse virou Sesterce (Sestércio, a antiga moeda romana).

Já a estação Roma virou “Esses romanos são loucos”, frase característica de Obelix e foi decorada com imagens dos personagens da série.

Na estação Poissoniere (a Peixaria), o peixeiro Ordenalfabetix recebe os visitantes sempre acompanhado do ferreiro brutamonte Automatix.

Ontem, dia 16 de outubro, na Gare de Lyon, ou melhor Lugdunum, a “poção mágica” foi distribuída aos visitantes, na presença de Asterix, Obelix e Panoramix.

Asterix foi criado por René Goscinny e Albert Uderzo em 1959. Goscinny faleceu em 1977 e Uderzo continuou com a série escrevendo e desenhando até 2009, quando passou a supervisionar as novas aventuras, escritas por Jean-Yves Ferri e ilustradas por Didier Conrad.

Asterix já vendeu mais de 370 milhões de álbuns e suas aventuras foram traduzidas em mais de 100 idiomas.

O próximo álbum, Asterix – A Filha de Vercingétorix (o 38º da série), será lançado mundialmente no dia 24 de outubro.

No Brasil, os dois últimos álbuns de Asterix não foram lançados, mas a série deve voltar a ser publicada em breve, pela Panini.

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Fernando Amaral

    Muito legal! Homenagem merecida a esse grande personagem e ação de marketing inteligente.