Panini promove mudanças no título Vertigo e outras séries da DC

Por Samir Naliato
Data: 26 junho, 2013

Vertigo # 43Durante os dias em que o Universo HQ ficou sem atualizações para passar por uma reestruturação, o leitor Luiz Beltrami nos contatou pelo Twitter afirmando ter falado com o setor de assinaturas da editora Panini a respeito da renovação do serviço para a revista Vertigo e que teria sido informado que o título seria cancelado.

O assunto gerou repercussão e, alguns dias depois, a editora se pronunciou oficialmente revelando que os planos de assinaturas para Vertigo foram suspensos. Entretanto, a série continuará sendo publicada por enquanto, o que não impede que ela venha a passar por algum tipo de mudança.

“A Panini vem a público informar que os pacotes de assinatura Vertigo estão suspensos por tempo indeterminado, atendendo uma necessidade de repensar o formato desse serviço para no futuro e atender melhor ao público dessa linha. Como é de conhecimento dos leitores, a DC Comics está promovendo muitas mudanças na linha Vertigo, e essa reformulação terá reflexo em todos os países onde as histórias são publicadas”, diz o comunicado oficial.

“Mas os fãs brasileiros não precisam se preocupar: independentemente do que vem sendo preparado para 2014, isso não afetará os conteúdos atualmente apresentados, nem irá comprometer a sua coleção”, encerrou a editora.

De fato, a DC vem promovendo profundas mudanças na Vertigo nos Estados Unidos, e a quantidade de títulos publicados diminuiu bastante recentemente. Hellblazer, o carro-chefe da linha, foi cancelado para ser lançada a série Constantine, na qual as histórias do mago inglês voltaram a fazer parte do Universo DC. Monstro do Pântano e Homem-Animal já haviam seguido o mesmo caminho no reboot de 2011.

Escalpo já chegou ao fim nos Estados Unidos, e Vampiro Americano está temporariamente suspenso.

Com os principais títulos remanescentes sendo publicados no Brasil em forma de encadernados (Fábulas, O Inescrito, Sweet Tooth), restaram apenas poucas minisséries e especiais. Algumas delas, como Punk Rock Jesus e O Homem do Espaço, fizeram parte do mix nos últimos meses. O esvaziamento (momentâneo?) da linha deve ter tido um impacto importante em uma revista mensal.

Mas não será apenas a Vertigo que enfrentará mudanças.

As revistas Flash e Edge serão interrompidas após o lançamento das edições número zero. O mesmo aconteceu com os títulos que eram distribuídos exclusivamente para lojas especializadas (Frankenstein – Agente da S.O.M.B.R.A., Novos Titãs & Superboy, Esquadrão Suicida & Aves de Rapina e Universo DC Apresenta), que foram canceladas em diferentes momentos de publicação.

Para não deixar os leitores sem essas histórias, a editora anunciou o lançamento de especiais. E os dois primeiros serão lançados este mês.

Novos Titãs # 1 (formato 17 x 26 cm, 144 páginas, R$ 16,90) traz o início da saga A Seleção, e coloca Titãs, Superboy e Legião Perdida lado a lado para enfrentar o terrível Colheita. O plano é que o título tenha periodicidade bimestral até o final do ano.

Outro especial será Aves de Rapina Zero (formato 17 x 26 cm, 128 páginas, R$ 12,90). A trama gira em volta da traição de uma das integrantes do grupo e da luta do restante da equipe para lidar com as consequências desse ato. Além disso, uma história especial mostra como duas das principais heroínas do título se conheceram.

A editora prometeu, para breve, novidades a respeito do Esquadrão Suicida.

Novos Titas # 1 Aves de Rapina Zero

• Outros artigos escritos por

.

.

.