Warner Bros. cria a DC Entertainment

Por Sérgio Codespoti
Data: 10 setembro, 2009

DC ComicsOs dois chefões da Warner Bros., Barry Meyer e Alan Horn, anunciaram no dia 9 de setembro a criação de uma nova companhia: a DC Entertainment.

A empresa foi criada para promover a marca da DC Comics e os personagens da editora em todas as mídias e plataformas.

Diane Nelson estará no comando da DC Entertainment, respondendo diretamente a Jeff Robinov, o presidente da Warner Bros. Pictures Group.

Nelson tem mais de 20 anos de experiência no gerenciamento de marcas, marketing e desenvolvimento de conteúdo e, além de dirigir esta nova divisão da Warner Bros., continuará representando o estúdio junto a J.K. Rowling, autora da série Harry Potter.

Uma das missões da DC Entertainment será integrar a DC Comics – que continuará sendo o ponto central da empresa – dentro das atividades das divisões da Warner Bros. (incluindo filmes, programas de televisão, entretenimento interativo e produtos de venda direta ao consumidor).

Independentemente dessas mudanças, a DC Comics continuará lançando mensalmente aproximadamente 90 revistas em quadrinhos e 30 encadernados (muitas vezes chamados de graphic novels).

Paul Levitz, presidente da DC desde 2002 se tornará uma espécie de consultor da DCE (DC Entertainment) e voltará a atuar esporadicamente como editor. Além disso, pretende escrever mais histórias, principalmente da Legião dos Super-Heróis, personagens com os quais sua carreira tem uma longa associação.

Ainda não está claro como ficará a estrutura da DC Comics (que ainda conta com Dan Didio e Karen Berger, entre outros) e quem fará a ponte entre Diane Nelson e a equipe editorial da DC Comics.

A criação da DC Entertainment é uma resposta direta à compra da Marvel pela Disney e também reflete uma mudança de estratégia por parte do estúdio, depois do sucesso de Batman – O Cavaleiro das Trevas e sua arrecadação mundial de um bilhão de dólares.

Diane NelsonPaul Levitz

• Outros artigos escritos por

.

.

.