Thanos – Thanos Retorna

Por Gustavo Nogueira
Data: 21 dezembro, 2018

Thanos – Thanos RetornaEditora: Panini Comics – Edição especial

Autores: Jeff Lemire (roteiro) e Mike Deodato (desenhos) – Originalmente em Thanos # 1 a # 6 (tradução de Dandara Palankof).

Preço: R$21,90

Número de páginas: 136

Data de lançamento: Março de 2018

Sinopse

Thanos está de volta. Depois de abandonar o Quadrante Negro, o Titã Louco pretende voltar ao seu território e varrer da existência todos que usurparam seu lugar de direito.

Porém, com seu regresso, ele se torna alvo daqueles que desejam o fim de seu reinado de terror: um grupo de antigos desafetos se reúne para planejar a sua destruição.

Positivo/Negativo

O motivo do lançamento desta HQ é tão claro quanto a maldade de Thanos. O grande sucesso do épico Vingadores – Guerra Infinita trouxe o público do cinema para as bancas e livrarias, e para ter conteúdo renovado do personagem, a Marvel escalou o prolífico Lemire para fazer o vilão clássico dos quadrinhos de forma a agradar também o fã do universo cinematográfico.

Thanos possui um passado muito amplo nos quadrinhos. Em sua própria criação, já é colocada muita complexidade, pelas mãos do roteirista Jim Starlin. Anos depois, o roteirista Jonathan Hickman deu vida à Ordem Negra, grupo de vilões que auxilia o vilão em suas jornadas.

O desafio de Lemire é apresentar todo este background para o novo leitor e ainda agradar o fã veterano, que queria ver Thanos de volta.

A trama é focada no protagonista e em personagens próximos a ele, como a já citada Ordem Negra e seu filho Thane. A construção é excelente e bem organizada, pois oferece tempo de história na medida certa para cada vilão.

Jeff Lemire constrói um Thanos com camadas e repleto de conflitos internos. Em contraponto, isso é deixado de lado para apresentar as cenas de ação. A sensação é que o roteirista prefere guardar este desenvolvimento para a sequência da trama, sendo este volume uma preparação de terreno.

A trama criada para Thane é a mais fraca. Falta-lhe o impacto necessário para o personagem. Há um claro esforço de Lemire para construir uma história atraente: são inseridas boas reviravoltas, mas isso não é o bastante para sustentar o drama do personagem.

Deodato produz uma arte poderosa, e a colorização de Frank Martin Jr. lhe dá ainda mais consistência. A paleta de tons mais escuros sobre os traços com muita sombra reforçam muito bem a escuridão em que os personagens estão envoltos.

Thanos Retorna é uma obra divertida, mas que se perde em pontos simples e, por vezes,  derrapa. Mas parece haver espaço para evoluir. E como o objetivo primário era apresentar o personagem para os iniciantes e agradar aos veteranos, Lemire e Deodato conseguem cumprir a meta com louvor.

Classificação:

3,5

• Outros artigos escritos por

.

.

.