As HQs para procurar no Festival Internacional de Quadrinhos

Por Samir Naliato
Data: 11 novembro, 2013
  • De Quatro (independente), por Gilmar.

Uma série de quadrinhos gozadinhos, que o próprio trocadilho infame do título já sugere. Para completar, todas as histórias têm quatro páginas. São quadrinhos de humor levemente apimentados, com o objetivo único e simples de divertir. Sessão de autógrafos em data a ser definida. Formato 17 x 25 cm, 48 páginas, R$ 14,00.

  • Deserto Gráfico (independente), por Luciano Feijão e Gabriel Albuquerque.

O título vem de uma exposição com 20 desenhos, produzidos por Luciano Feijão e Gabriel Albuquerque, cujo material também gerou um álbum/portfólio. O conceito por trás deste “deserto” é a solidão na qual se encontra o ilustrador, na medida em que se inicia um trabalho à frente de uma folha branca do papel. Cada desenhista interpretou o seu deserto pessoal, lembrando daquelas figuras históricas que se refugiaram como forma de isolamento, resistência e autoconhecimento, como Jesus, Buda, Zaratustra ou Maomé. Formato 30 x 42 cm, 32 páginas, R$ 30,00 (no FIQ) e R$ 50,00 (pelo e-mail lucianofeijah@gmail.com).

  • Dia do Porko (independente), por Vencys Lao.

Todo dia há uma caçada, mas a de hoje é especial. É o dia do Porko. Formato 14,8 x 21 cm, 32 páginas, R$ 10,00. A edição estará disponível no estande da Petisco.

Lenórienn. A majestosa cidade élfica. Tomada por monstros. Os elfos, dizimados. Derrotados. Amargos. Loucos. Um elfo que tenta esquecer tudo. Uma humana que tenta aprender tudo. Uma amiga leal. Eles vão retornar à Cidade dos Elfos para desvendar seus segredos e, talvez, trazer esperança a esse povo. Eles são rastejantes de masmorras. Dungeon Crawlers. Formato 18,5 x 27,5 cm, 112 páginas, R$ 59,80.

Os autores estarão dando no painel sobre lançamentos e mangá em geral, no dia 15 de novembro, às 18h, no Auditório Gutemberg Monteiro.

Quarta edição da série EntreQuadros e o primeiro trabalho do autor abordando o universo LGBT. Um adolescente inseguro com sua orientação sexual e com as transformações que seu corpo está sofrendo. A eterna busca por uma cara-metade. As complicações do fim de um longo relacionamento. Um relato autobiográfico sobre como o autor conheceu seu namorado. Um velho ranzinza que sofre do mal de Alzheimer e que luta para não perder as memórias do grande amor de sua vida. Estas histórias compõem um trabalho que mostra como as angústias do amor são absolutamente as mesmas para heterossexuais, gays, bissexuais e transexuais. Formato 16 x 23 cm, 96 páginas, R$ 28,00.

Mário César estará presente no estande da Balão Editorial nos dias 15, 16 e 17 de novembro.

  • Eu matei o Libório (independente), por Orlandeli.

Um rapaz faz uma retrospectiva de sua vida atormentada e chega à conclusão que, para ter uma vida normal e feliz, o único caminho possível é matar o Libório. Por que ele tomaria uma decisão drástica dessas? Ah, você não conhece o Libório… Formato 20 x 20 cm, 40 páginas.

Além do FIQ, a edição pode ser adquirida no site oficial.

Até que ponto uma pessoa pode ir para fisgar seu verdadeiro amor? Qual o preço a pagar? Quais as consequências? São perguntas que muitos passam a vida se fazendo. Benício não. Ele sempre soube as respostas. Formato 14 x 21 cm, 32 páginas, R$ 12,00.

Disponível no estande Quadrinhos Inquietos. Sessão de autógrafos no dia 16 de novembro, às 18h.

Os quadrinhos não precisam de mais do que uma ideia espirituosa para encantar e mexer com a sensibilidade de seu público. O autor trabalha com essa premissa na série de tiras e cartuns que constitui este álbum, com sutil ironia, abordando as banais situações do cotidiano. Mitos, tradições, lugares-comuns são um bom motivo para a desconstrução provocada pelo humor de Samuel, que não poupa nem mesmo as opiniões consensuais. Formato 15 x 21 cm, 80 páginas, R$ 15,00.

No dia 14, às 20h, Samuel de Gois Martins estará na mesa 5 para autografar a edição.

Histórias de personagens deslocados e esquisitões, mas de bom coração – nem sempre. São mutilados, cultivadores de comportamentos errantes e deformidades em geral, que são exibidos como aberrações nos palcos e telas desde que o mundo é mundo. Formato 20 x 23 cm, capa dura, 192 páginas, R$ 59,90.

  • Ghilan (independente), por Mariá Raposa Branca.

Uma história curta baseada na webcomic original Thicker Than Blood, em produção e com lançamento previsto para 2014. É um prólogo da personagem principal, que se vê pela primeira vez diante da realidade do mundo que a cerca, e que se passa antes de as coisas se tornarem muito piores e perigosas.

Cami é uma criança centaura com mais valentia que cuidado. Na Tunísia do Século 10, ela descobre haver uma caravana humana vinda do Oriente passando pelo território de sua tribo. Apesar dos avisos dos mais velhos para não se aproximar, ela vai investigar. Seu amigo Fahd ouviu coisas terríveis sobre eles, mas são só historinhas para crianças. Ou não?

Formato 15,7 x 22,7 cm, 40 páginas, R$ 15,00. Pode ser adquirido no estande da Pandemônio.

  • Grupo Bimbo Groovy

Grupo formado pelos autores Marcelo Costa, Magno Costa, Magenta King, Dalts, Go Carvalho, Mateus Santolouco, João Azeitona, Carlos Ferreira, Rafael Corrêa, Lobo Barba Negra, Athur D’Araujo e Alcimar Frazão para venderem seus trabalhos. Os títulos que estarão disponíveis são:

2028 (24 páginas, R$ 8,00), por Marcelo Costa;

Mary (40 páginas, R$ 13,00), por Magno Costa;

5/5 – Working Class Heroes (72 páginas, R$ 15,00), por Dalts, Go e Magenta King;

Vou de Caos (R$ 25,00), por Carlos Ferreira;

O Castelo (R$ 49,90), por Carlos Ferreira;

Daraujo’s Sketchbooks – Volume 1 (44 páginas, R$ 50,00), por Arthur Daraujo;

Me & Devil (44 páginas, R$ 15,00), por Alcimar Frazão.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9

• Outros artigos escritos por

.

.

.