As HQs para procurar no Festival Internacional de Quadrinhos

Por Samir Naliato
Data: 11 novembro, 2013
  • Híbridos – Parte 2 – Iron Man, Homem sem nome (independente), por Anderson Resende.

Este é um Homem de Ferro como nunca visto, e como poucos imaginariam. Tão diferente, que se mantém basicamente o codinome. Esteticamente mais orgânico, intelectualmente mais obstinado, esta segunda parte apresenta a transformação que ficou apenas na expectativa na parte 1: a do homem para a máquina. Formato 28 x 37,5 cm, 18 páginas, R$ 38,00.

A edição também pode ser adquirida pelo e-mail andersonc.resende@gmail.com.

  • Hipótese de merda # 2 e # 3 (independente), por Michel Victor Severino.

Doutor Chips apresenta suas hipóteses sobre a origem de personagens da cultura pop. Não importa se for do mundo dos quadrinhos, games ou filmes, o doutor sempre terá uma tese (sem noção) para as suas origens. Nesta edição, Chips explicará com suas palavras a origem do gigante verdinho mais forte da Marvel, o incrível Hulk. 24 páginas, R$ 3,00.

Disponível na mesa MigaZines Cosp, no FIQ.

  • História de Amor (independente), por Carol Cunha (roteiro) e Adriano Gomes (desenhos).

O primeiro encontro de um casal pode ser cheio de pequenas surpresas. Formato 17 x 26 cm, 10 páginas. Distribuição gratuita nos estandes da Itiban e Casa dos Quadrinhos.

A druida Lisandra continua em sua busca pelos Rubis da Virtude, para ressuscitar o Paladino, guerreiro sagrado imbuído com o poder de todos os deuses. Mas nem mesmo ela esperava que o maior herói do mundo de Arton despertasse tão cedo. Lisandra ama o Paladino… Mas a elfa arquimaga Niele o odeia. Por quê? Formato 18,5 x 27,5 cm, capa dura, 240 páginas, R$ 59,90.

Os autores farão um painel sobre lançamentos e mangá em geral, no dia 15 de novembro, às 18h, no Auditório Gutemberg Monteiro.

  • Homem de Neandertal (Desiderata), por André Diniz e Marcela Mannheimer.

Um homem de Neandertal, pertencente a um pequeno grupo, machuca sua perna e passa a depender dos demais, não podendo participar da caça. Ocioso, passa a observar as formas à sua volta até se deparar com a arte dos humanos. Ele, então, desenvolve um fascínio pela arte, que vai compreendendo aos poucos, e isso será decisivo no momento em que o protagonista passa a ter seus primeiros contatos com os humanos, o que mudará o seu destino, o de seu grupo e o de sua espécie. Uma história inteiramente sem textos, contada só por imagens. Formato 20 x 27 cm, 96 páginas, R$ 39,90.

Ao todo, 100 artistas foram convidados para interpretarem 100 personagens clássicos dos quadrinhos, além de compartilharem com os fãs e leitores o motivo de seu vínculo com esses personagens. Mauricio de Sousa, Charlie Adlard, Danilo Beyruth, Bill Sienkiewicz, João Montanaro, Mike Deodato, Jeff Lemire, Rafael Albuquerque, Ivan Reis, Ryan Sook, Joe Prado, Gustavo Duarte, Ivan Reis, Mike McKone, Rafael Grampá, Rafael Coutinho, Eduardo Risso, Renato Guedes e Alex Maleev são alguns dos artistas que criaram desenhos inéditos para esta exposição e para o livro de luxo, que tem capa dura e 220 páginas coloridas.

  • Inkuadrinhos (Estúdio Black Ink), por Hilton Rocha, Daniel Bretas, Virginia Froes, Alexandre Cardoso e Claudiney Almeida.

Coletânea de histórias em quadrinhos produzidas pelos profissionais do estúdio Black Ink, que traz a linguagem do mangá e do cartum para contar histórias em diversos gêneros, como ação, terror, aventura e romance.

Um jovem aspirante a quadrinhista está à procura de uma boa história para criar sua primeira HQ longa e apresentá-la no trabalho de conclusão de curso. Enfrentando seus medos e receios pela falta de inspiração, ele busca mais coragem ainda quando o papel que encontra em suas mãos poderá ser a solução para seus problemas: o telefone do quadrinhista e escritor Lourenço Mutarelli.

Inspiração: formato 20 x 28 cm, 64 páginas, R$ 20,00.

Onde eu tavo?: formato 20 x 28 cm, 12 páginas, R$ 10,00.

  • Ima – Sempre em Frente (independente), por Eric Peleias.

Em 1938, a Áustria foi oficialmente anexada pela Alemanha nazista. Convertido em província do 3º Reich, o país passava a fazer parte da nação de Adolph Hitler. É neste cenário que vive Julia, uma garota feliz, que estuda, tem amigas e faz até aulas de francês e natação. Quando a cidade toda começa a perseguir pessoas como ela, é obrigada a fugir do país completamente sozinha, deixando para trás a família e a vida que conhecia. Edição com 96 páginas, por R$ 39,90.

  • Júlia Pinto Artbook (independente), por Júlia Pinto.

Artbook numerado da artista Júlia Pinto, com uma área em branco para um sketch à escolha do dono da edição. Inclui trabalhos de arte-final realizados para títulos como Miss Fury e Lady Death, além de diversos pin-ups e cards feitos para a Marvel Comics. Formato 21 x 29,7 cm, 32 páginas, R$ 10,00.

A autora estará na praça Mauro Martinez, na mesa 4, às 20h, no dia 14 de novembro. Já no dia 17, poderá ser encontrada no estande do Fórum de Quadrinhos do Ceará, às 16h.

Este é o primeiro volume, de uma série de quatro, da Coleção Ken Parker Especial, publicada originalmente, na Itália, no período de junho de 1996 a janeiro de 1998, pela Sergio Bonelli Editore. Este episódio é o último da retrospectiva cronológica kenparkeriana e ganhou o prêmio INCA (Italian Internet Comics Academy) de melhor roteiro e personagem em 1996. Formato 16 x 23 cm, 184 páginas, R$ 79,90.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9

• Outros artigos escritos por

.

.

.