Editora Culturama assume histórias em quadrinhos mensais da Disney

Por Marcelo Naranjo
Data: 20 dezembro, 2018

A Editora Culturama divulgou ser a nova responsável pela publicação das histórias em quadrinhos mensais da Disney no Brasil. O projeto da empresa é publicar cinco revistas por mês, todas com histórias inéditas, incluindo personagens como Pato Donald, Mickey, Tio Patinhas, Pateta, Minnie, Margarida e outros.

Paulo Maffia, que por anos trabalhou com os produtos durante a época da Editora Abril, comandará a equipe editorial nesta nova fase.

A ideia da editora é distribuir as histórias em quadrinhos em bancas, papelarias, lojas de preço único, bazares, supermercados e outros. O diretor da Culturama, Fabio Hoffmann, acredita que o projeto tem um grande potencial. “Queremos colocar as histórias em quadrinhos em mercados alternativos, onde nossa editora já atua e também vamos trabalhar com assinantes e mercado de bancas. Assim, todos terão acesso às publicações”, afirma Hoffmann.

Além das publicações mensais, a editora já planeja edições especiais e também edições mais baratas. Os primeiros números sairão em março de 2019.

Além disso, a Culturama também publicará livros com histórias em quadrinhos infantis de franquias da Disney e Disney•Pixar, como Frozen, PrincesasMoanaCarros, Toy Story, Monstros S.A. e outros.

Como a editora não se pronunciou sobre edições em formato livro, fica a dúvida se ela publicará também as histórias em quadrinhos dos títulos Disney nesse segmento, e se dará ou não continuidade às coleções da Editora Abril (Carl Barks, Os Anos de Ouro do Mickey, Biblioteca Don Rosa).

A Abril deixou de publicar materiais da Disney em julho de 2018, após 68 anos de parceria, como resultado da grave crise que se abateu sobre a empresa atingindo diversos setores dela, como editora e distribuidora.

Por se tratar de uma editora de menor porte, a novidade surpreendeu muitos fãs. A Culturama é uma editora e distribuidora fundada em 2003, com sede na cidade de Caxias do Sul/RS. Com uma política de preços e modelo de negócio diferenciados visando atender clientes de vários segmentos de forma personalizada, a empresa evoluiu ao longo dos anos e hoje possui licenças para publicar franquias como Disney, Marvel, Star Wars, Turma da Mônica e O Diário de Mika.

Até a entrada dos quadrinhos Disney, seu portfólio inclui livros de colorir, livros de adesivos, livros de história, livros sonoros, diários e outros.

Para saber mais sobre a trajetória das publicações da casa do Mickey no Brasil, ouça o podcast Confins do Universo 058 – A Dinastia Disney no Brasil, com a participação de Paulo Maffia.

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Cassiano Cordeiro Alves

    Uma excelente notícia! Registro aqui meus sinceros votos por sucesso!

  • Henrique Brum

    é acho que a maioria estava apostando na Panini, que surpresa. Boa sorte para a nova editora!

  • tiagocartum

    Q eles retornem com a Biblioteca Don Rosa.. se possível na mesma qualidade, linha editorial e design que possua as edições da Abril.

    Mas só de ver a Disney de novo as bancas. já é uma alegria

  • Yuri Gonçalves

    A Panini lançou um album de figurinhas do Mickey, isso quer dizer que a Culturama vai cuidar dos quadrinhos “mensais” e a Panini ficou com outros segmentos?

    • Sim, Panini vai cuidar das figurinhas.

    • Kaio

      São acordos diferentes.
      Sobre a panini não dá pra ter certeza pode ser apenas este álbum atual, mas Culturama tem os direitos sobre hqs em geral.

  • WAGNER TORRES

    De onde sairão estas “histórias inéditas”???

    • Kaio

      Hqs nunca publicadas no Brasil é o que não faltam e continuam saindo o tempo todo, principalmente Itália.

  • ARQUEIRO VESGO

    Pena que as histórias clássicas do Zé Carioca, Pena Kid, Urtigão, Morcego Vermelho e etc. não poderão ser publicadas por essa nova editora, já que os direitos dessas aventuras citadas estão com a ed. Abril (criadas em sua maioria nos estúdios da Ed. Abril).

    • Alexandre Floquet da Rocha

      Como a Editora Abril perdeu os direitos com a Disney, acredito sim que a nova editora possa publicar.
      A Dark Horse não republicou histórias do Conan produzidas originalmente pela Marvel?

      • god

        o contrato dessa editora é quadrinhos mensais, não tem nada a ver com o que a abril estava publicando

  • Alessandro Souza

    Se não tiver histórias italianas eu compro.

    • Não tem jeito, os italianos produzem muito e dá pra comprar por um preço razoável.

  • Leoncio

    Fico feliz com essa notícia. Muito sucesso para a nova editora! Espero que continuem com os encadernados de “Ducktales” e “Mickey”.

  • Robot

    Tomara que eles não cometam os mesmos erros da Abril em gourmetizar todos os encadernados da Disney. Tem muita coisa no catálogo dela que é puro ouro e realmente merece um acabamento a altura, mas também tem muita m#rda que não merece nem ser lançada por aqui…

  • god

    vai continuar na mesma, o contrato dela é de mensais, não tem nada a ver com o que a abril estava piblicando.

    não estou com muitas esperanças que isso vai dar certo

  • Rodrigo Mokepon

    Espero que a estratégia da Culturama revitalize o mercado infantil de quadrinhos.

  • Victor Vitório

    Boa notícia. Fico feliz, mesmo que as mensais não sejam para mim.

    Entendo a expectativa de continuidade das séries de Gottfredson/Barks/Rosa, mas o que eu acho mais adequado são os especiais intermediários de capa cartão, preço mais acessível e sem formar coleção longa. “O Melhor da Disney Brasil – 1950-1952” foi um primor.

  • Marcos Guerreiro

    Puxa vida, eu tinha esperança de que a Abril publicasse outros volumes do Zé Carioca com as histórias do Sainderberg e Canini. Será que a Culturama terá acesso a esse material para republicação? Seria muito bom ter todas as histórias dessa dupla republicada.

  • Antonio Vicente

    Muito bom ver o retorno dos quadrinhos Disney em uma nova editora os colecionadores agradecem