Os vencedores do 25º Troféu HQ Mix

Por Samir Naliato
Data: 19 julho, 2013

Foi divulgada a lista com os vencedores do 25º Troféu HQ Mix, a principal premiação brasileira para o mercado de histórias em quadrinhos, que elegeu os melhores em suas respectivas áreas, baseado no que foi publicado em 2012.

Para comemorar este aniversário de 25 anos do prêmio, haverá diversos eventos a serem anunciados, que acontecerão até a premiação de 2014.

Este ano, o troféu homenageia Los Três Amigos. Criados em 1991 pelo cartunista Angeli, após assistir uma comédia de John Landis, os personagens são baseados nele mesmo e nos colegas de profissão Glauco e Laerte. A escultura foi esculpida pelo artista plástico Olyntho.

As entregas dos prêmios aos vencedores acontecerá no próximo dia 3 de agosto, sábado, a partir das 17 horas, no Sesc Pompéia (Rua Célia, 93 – Tel.: 0XX-11-3871-7700), em São Paulo/SP. A apresentação será de Serginho Groisman.

Cartaz do 25º Troféu HQ Mix Troféu em homenagem aos Los Três Amigos

Veja abaixo os vencedores em todas as 40 categorias, em ordem alfabética.

Adaptação para os quadrinhos: A Tempestade (Nemo);

Desenhista de Humor Gráfico: Angeli;

Desenhista estrangeiro: Craig Thompson (de Habibi);

Desenhista nacional: Danilo Beyruth (de Astronauta – Magnetar);

Destaque internacional: André Diniz (pela publicação de Morro da Favela na Europa);

Destaque latino-americano: Dosis Diarias # 2, de Alberto Montt (Chile);

Destaque língua portuguesa: Pontas Soltas – Cidades, de Ricardo Cabral (Portugal);

Edição especial estrangeira: Pinóquio, de Winshluss (Globo);

Edição nacional: Astronauta - Magnetar, de Danilo Beyruth (Panini);

Editora do Ano: Nemo;

Evento: Gibicon nº 1;

Exposição: Ocupação Angeli;

Grande contribuição: História da Caricatura Brasileira, de Luciano Magno (Gala Edições de Arte);

Grande mestre: Rubens Lucchetti;

Homenagem especial: Ao mestre com carinho: Rodolfo Zalla (produzido por  Marcio Baraldi);

Homenagem especial: Danilo Santos de Miranda (diretor regional do Sesc-SP);

Homenagem especial: Zeróis (livro de Ziraldo lançado pela Globo);

Livro teórico: E Benício criou a mulher, de Gonçalo Júnior (Opera Graphica);

Novo talento – desenhista: Pedro Franz (de Suburbia);

Novo talento – roteirista: Raphael Fernandes (de Ditadura no ar);

Produção para outras linguagens: Malditos Cartunistas, de Daniel Garcia e Daniel Paiva;

Projeto editorial: Graphic MSP (Mauricio de Sousa Produções);

Publicação de aventura/terror/ficção: The Walking Dead (HQM);

Publicação de clássico: Diomedes – A Trilogia do Acidente, de Lourenço Mutarelli (Quadrinhos na Cia.);

Publicação de humor gráfico: Se a vida fosse como a internet, de Pablo Carranza (Beleléu);

Publicação de tira: Valente para todas, de Vitor Cafaggi (independente);

Publicação independente de humor: Quadrinhos A2 – Segunda temporada, de Paulo Crumbim e Cristina Eiko;

Publicação independente de grupo: Petisco Apresenta – Volume 1, de diversos autores;

Publicação independente edição única: Km Blues, de Daniel Esteves (roteiro), Wanderson de Souza (arte) e Wagner de Souza (cores);

Publicação infanto-juvenil: Turma da Mônica Jovem – O casamento da Mônica (Panini);

Publicação mix: Creepy – Contos Clássicos de Terror – Volume 1 (Devir);

Roteirista estrangeiro: Robert Kirkman (de The Walking Dead);

Roteirista nacional: Gustavo Duarte (de Monstros!);

Salão e festival: Salão Internacional de Humor Gráfico de Pernambuco;

Tese de doutorado: Marília Santana Borges;

Tese de mestrado: Thiago Vasconcellos Modenesi;

Tira nacional: Níquel Náusea, de Fernando Gonsales;

Trabalho de conclusão de curso (TCC): Jean Monteiro;

Web Quadrinhos: Feira da fruta, de diversos autores;

Web Tiras: Vida Besta, de Galvão.

 

• Outros artigos escritos por

.