Confins do Universo 084 – A internet em tiras

Por Samir Naliato
Data: 21 agosto, 2019

A popularidade e a relevância das tiras de quadrinhos continuam em alta!

A tecnologia permitiu aos autores um novo canal de publicação e divulgação, de tal maneira que, hoje, é possível afinar que há mais tiras na internet do que no seu meio tradicional de publicação, o jornal. Uma nova geração de talentosos quadrinhistas surgiu digitalmente e fez o caminho contrário, chegando também ao impresso.

Neste episódio de Confins do Universo, falamos sobre tiras na internet. Quais as vantagens e dificuldades em publicar seus trabalhos na grande rede? Como começar? Quais as ferramentas mais importantes? Como redes sociais, blogs e financiamento coletivo servem para tornar os projetos realidade? Como atrair o público?

Para isso, trouxemos convidados especiais que somam muito ao debate: Thaïs Gualberto (Olga, a sexóloga), Carlos Ruas (Um sábado qualquer) e Will Leite (WillTirando).

E mais: mensagens dos ouvintes e erros de gravação!

Confins do Universo 084 – A internet em tiras

.

Participantes

_____________________________________________________________

Comentado neste programa

_____________________________________________________________

Contato

Envie a sua mensagem com sugestões, elogios ou críticas: podcast@universohq.com
Mensagem de voz via Whatsapp para (11) 94583-5989
Redes sociais: Twitter – Facebook – Instagram – Youtube

_____________________________________________________________

Assine o Confins do Universo

Feed RSS – http://podcast.universohq.com/feed/
iTunes Store
Spotify

_____________________________________________________________

Confins do Universo em vídeo

Canal do Universo HQ no YouTube

_____________________________________________________________

Edição e Sonorização

O Confins do Universo é editado por Rádiofobia Podcast e Multimídia.

_____________________________________________________________

Narração de abertura e encerramento

Guilherme Briggs – Twitter – Facebook – Instagram

_____________________________________________________________

Logotipo

Damasio Neto – Facebook – Instagram

_____________________________________________________________

Ilustração do Confins do Universo

Daniel Brandão (versão 1) – Twitter – Facebook – Site Oficial
Vitor Cafaggi (versão 2) – Twitter – Facebook – Instagram

Confins do Universo, por Vitor Cafaggi

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • James Howllet

    Hum…A conferir o meu podcast favorito.

    Enquanto isso vou comentar algo bem diferente: Para quem já reclamava da alta absurda de preços de quadrinhos acompanhada do quase monopólio da loja Floresta, deve ser o fim da picada o mercado intermediário especulador.
    Pois é…Se as promoções regulares eram um paliativo, agora nem isso mais! Ficou óbvio para os lojistas do ramo (ou alguém a fim de conseguir alguma mufunfa) como é muito mais vantajoso adquirir produtos na Amazon q nas editoras

    Então é cada vez mais comum gibis vendidos (inclusive no próprio site da loja citada) a preços extorsivos variando desde o valor cobrado originalmente pelas editoras, até fábulas ao gosto do estúpido “”mercado gourmet”.

    • Cap. Ninja

      Loja Floresta? Procurei no google e não encontrei, manda o link por favor.

      • Pão com Ovo

        “Loja Floresta” é a Amazon.

        • Cap. Ninja

          Ah… Hahaha

      • James Howllet

        Hi…Queimou!
        Kkkkk…

        • Cap. Ninja

          Hahaha

  • Paquiderme Punk

    Paquiderme Punk na área, tirinhas gaúchas sempre na busca de dicas e informação para ficar cada vez melhor!!! Para quem não nos conhece, nos de a honra e procure Paquiderme Punk em todas as redes sociais!!!

  • Cap. Ninja

    Falando em tirinhas da internet, devo lembrar a gringa Zen Pencils que é belíssima.
    E gente, Quadrinhos Rasos!!! Quando a moça falou em sites que se perdem, eles logo me vieram à lembrança.
    Sinto muitas saudades deles. Nunca soube o motivo do fim…

  • Que episódio sensacional.

    Tiras de fato é o formato ideal de quadrinhos pra internet desde a internet discada (por conta do peso pequenos dos arquivos) e pra ler em dispositivo móvel mais ainda (por mais que exija dos autores “reinventar” a diagramação de tempos em tempos).

    Eu que colecionava as de jornal, recortando e fazendo uma pastinha, nos primórdios da internet fazia uma pastinha pra download e arquivamento.

    Aliás um dos primeiros sites de tirinhas na internet brasileira foi Laerte no UOL (que infelizmente não está mais no ar, o acervo era incrível).

    E ainda na época dos blogs teve a iniciativa do “Tiras Nacionais” – com cem autores que repostavam lá seus conteúdos.

    E o compilado do Tiras de Letra da Editora Virgo, pelo Mario Mastrotti, que boa parte do material era de gente que publicava na web lá na década passada.

    E esse é um caso de, só pra citar os grandes autores e as iniciativas na área, dava pra fazer um programa de 5 horas… Ou quem sabe uma parte 2?

    Parabéns gente!

    E a minha alma de fofoqueiro ficou querendo saber mais a respeito do que pareceu ser uma indisposição entre o Sidney e os irmãos Moon/Ba…

  • Dimas Mützenberg

    Das gringas eu gosto muito do Perry Bible Fellowship. Era muito da hora.

  • Adriano ferreira araujo

    Sempre um ótimo podcast. Adorei o episódio ^^