Bilheteria: Batman vs. Superman cai nos EUA e surpreende no Brasil

Por Samir Naliato
Data: 12 abril, 2016

Em seu terceiro final de semana em exibição, Batman vs. Superman – A origem da justiça teve outra vez uma queda maior do que o esperado nas bilheterias, arrecadando US$ 23.3 milhões entre os dias 8 e 10 de abril. Foi 54,5% menos, em relação à semana anterior.

Com isso, perdeu a primeira posição numa acirrada disputa com A Chefa, comédia protagonizada por Melissa McCarthy, que somou US$ 23.5 milhões.

Completando 17 dias em cartaz nos Estados Unidos, o encontro entre os dois heróis da DC Comics faturou US$ 296.6 milhões. Mundialmente, o longa-metragem rendeu US$ 784.3 milhões, o que o deixa como o segundo filme mais assistido de 2016 até o momento, ultrapassando Deadpool (US$ 756.7 milhões) e ficando atrás de Zootopia (US$ 852.5 milhões).

Depois de uma estreia arrebatadora, o filme parece não ter fôlego para fazer os altos números esperados pelo estúdio.

Batman vs. Superman – A origem da justiça

Curiosamente, um dos países em que o longa-metragem tem melhor desempenho é justamente o Brasil. Além de ter quebrado os recordes de maior estreia e maior bilheteria de todos os tempos para uma produção da Warner Bros, a produção se mostra consistente nas salas de cinema.

Entre os dias 7 e 10 de abril, arrecadou mais R$ 15,2 milhões, continuando na primeira colocação, com uma queda saudável de 42%, uma das menores taxas em todo o mundo. Esses dados superaram os de outros grandes centros, como China, Reino Unido e México, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

Mais de seis milhões de brasileiros já foram aos cinemas, quarto lugar dentre os que levaram mais pessoas às salas de projeção, o que dá um total de R$ 102,6 milhões. Isso deixa Batman vs. Superman como o terceiro maior filme de super-heróis e a nona maior bilheteria de todos os tempos por aqui.

Leia aqui a crítica de Batman vs. Superman – A origem da justiça, e escute o podcast Confins do Universo 012 – O polêmico Batman vs. Superman, no qual debatemos o filme.

Veja abaixo as listas de maiores bilheterias nos Estados Unidos e no Brasil para o último final de semana.

EUA (8 a 10 de abril de 2016):

Posição
Filme
US$ (milhões)
1
A Chefa
23.5
2
Batman vs. Superman – A origem da justiça
23.3
3
Zootopia – Essa cidade é o bicho
14.3
4
Casamento Grego 2
6.4
5
Hardcore Henry
5.1
6
Milagres do Paraíso
4.7
7
Deus não está morto 2
4
8
A Série Divergente – Convergente
3.5
9
Rua Cloverfield, 10
2.9
10
Decisão de Risco
2.08

.

Brasil (7 a 10 de abril de 2016):

Posição
Filme
R$ (milhões)
1
Batman vs. Superman – A origem da justiça
15,2
2
Zootopia – Essa cidade é o bicho
4,2
3
Invasão a Londres
2,9
4
Rua Cloverfield, 10
2,1
5
Deus não está morto 2
1,4
6
Casamento Grego 2
1,2
7
Os Dez Mandamentos
1
8
A Série Divergente – Convergente
0,32
9
Decisão de Risco
0,28
10
De onde eu te vejo
0,24

.

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Hugo Dias

    Batman supera a crise rsrs

  • Brasil, um país de nerds.

    • Marcotron

      Será? Muitos que gostaram não são nerds e nem sabem a cronologia do quadrinhos e por isso não se aborreceram. A ignorancia é uma benção. Principalmente no Brasil.

      • keep Calm Guys

        Santa ignorância.
        Poi os ”nerds” de hoje são os babacas de ontem.

        • Adriano DeSouza

          Podem me chamar de velho, mas sou da “velha guarda”, em que ser “nerds” significa um bom boletim na escola, não esse bando de analfabeto funcional que é fã de super-herói e videogame de hoje em dia. :P

  • Dólar nos Estados Unidos e Reais no Brasil. Já foi acertado na tabela! Obrigado!

  • André Luis

    Os 10 mandamentos não emplacou nos EUA?! Que absurdo!

  • Marco

    O valor arrecadado mundialmente inclui o valor arrecadado nos EUA? ou é sem contar com os Estados Unidos?

  • leidiane

    O problema é que 50% dessa bilheteria vai para os cinemas que exibem o Filme, e no filme foi gasto muito dinheiro (pra fazer mais o marketing), ou seja, por pouco não se paga.

  • Adriano DeSouza

    Imagina se a nossa classe média não ia adorar um Batman e um Superman que “matam vagabundo”, rsrs.

    • Jonas Lobato

      Uuuhhh… Falou o moço politicamente correto.