FIQ é adiado para 2018

Por Samir Naliato
Data: 10 julho, 2017

No último mês de abril, a prefeitura de Belo Horizonte divulgou o calendário de eventos da cidade, e nele não constava o FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos, realizado a cada dois anos, desde 1999.

O fato pegou muitos de surpresa a gerou a desconfiança de um possível cancelamento (saiba mais clicando aqui), pois era esperado que a décima edição acontecesse em novembro deste ano. Devido à repercussão, o prefeito Alexandre Kalil confirmou que a realização não corria perigo, o que foi corroborado pelas redes sociais da prefeitura de Belo Horizonte.

Agora, três meses depois, foi oficialmente confirmado que o festival não ocorrerá mais neste ano, sendo transferido para o primeiro semestre de 2018, entre maio e junho. A revelação foi feita no último final de semana, pelo organizado do evento, Afonso Andrade, durante o Ugra Fest 2017. O motivo da mudança seria o prazo para organizar o FIQ com a qualidade desejada, uma vez que haveria pouco tempo hábil até novembro.

Ainda não há mais informações disponíveis.

A mais recente edição do FIQ aconteceu em 2015. Foi também o ano da segunda edição da CCXP – Comic Con Experience, fazendo com que os dois eventos ficassem separados por apenas 15 dias. Desde então, essa proximidade virou motivo de preocupação para autores e fãs.

Trocar a data para o primeiro semestre pode ser uma mudança estratégica do FIQ para se precaver deste encavalamento de datas.

Nos últimos dias, o Universo HQ tentou contato com Afonso Andrade e a Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte para falar sobre o assunto, mas ambos preferiram não se pronunciar.

FIQ - Festival Internacional de Quadrinhos

• Outros artigos escritos por

.

  • VAM!

    Olá Samir, td na paz?

    “Trocar a data para o primeiro semestre pode ser uma mudança estratégica do FIQ para se precaver deste encavalamento de datas.”

    Esse conflito de agendas já era temeroso, sendo o FiQ o maior prejudicado realmente. Espero que a nova data só venha favorecer o festival e contribuir para seu sucesso e longevidade.

    O FiQ FiCA!

    Abs,
    VAM!

    • é…
      coisas temerosas, qualquer uma, são golpes difíceis de suportar, mas a gente resiste, vamos contar 342, mas não vamos comer milho não! A estrada é direta.

  • Kevin Melo Accioly

    A CCXP prejudicar o FIQ me faz detestar ainda mais esse evento bazingueiro.

  • AlanLeonardo Leo

    So resta esperar o ano que vem.