Simon Bisley confirma presença na CCXP 2016

Por Samir Naliato
Data: 7 outubro, 2016

O desenhista britânico Simon Bisley é o mais recente quadrinhista a ter presença confirmada na Comic Con Experience deste ano, a ser realizada entre os dias 1° e 4 de dezembro.

Bisley começou a carreira na década de 1980, pela editora 2000 AD. Sua arte com técnica apurada e inspirada em grafites e rock ‘n’ roll o levaram a ilustrar Juiz Dredd e Sláine. Também foi o responsável por dar vida ao crossover do Juiz de Mega-City Um e o Batman.

O autor deixou ainda sua marca ao fazer capas e artes internas para títulos como Patrulha do Destino, Monstro do Pântano, Authority, Sandman, Exterminador e Hellblazer.

Entretanto, ele é mais conhecido por desenhar o Lobo para a DC Comics, em histórias do personagem que se tornariam clássicas.

Simon Bisley

Simon Bisley também contribuiu para a revista revista Heavy Metal. Dentre diversos outros projetos, foi o artista de The Tower Chronicles, Bad Boy (escrita por Frank Miller) e de uma minissérie de As Tartarugas Ninja. Fora do mundo dos quadrinhos, foi baterista da banda Kaotika e assinou a arte de capa de álbuns de diversas bandas, entre elas Drunken State, Danzig e Mortal Sin.

Hoje, é baixista de uma banda de death metal e desenha a série Alpha King, escrita por Brian Azzarello e Nick Floyd,  e publicada pela Image.

A vinda do desenhista é uma parceria da CCXP e da Comix Book Shop.

Além de Simon Bisley, também já confirmaram presenças no evento Arthur Adams, Joyce Chin, Frank QuitelyEduardo Risso, Julian Totino Tedesco, Max Fiumara, Sebastian Fiumara, Brian Azzarello, Yanick Paquette, Gerardo Zaffino, Paul Pope, Peter KuperAlan Davis, Mark Farmer e James Robinson.

Lobo, por Simon Bisley

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • commodusrs

    tanta porcaria antiga é relançada pela panini e outras editoras lançando encadernados de gosto duvidoso e ninguém republica as revistas do lobo que são geniais, recheadas de humor negro e violência.

    • Dimas Mützenberg

      De fato. Um encadernado com a trilogia de Grant-Giffen-Bisley, O Último Czarniano, Lobo vs Papai Noel e Lobo está morto, tá fazendo falta na prateleira.

  • Sr.Cleverson

    Ainda tenho o “encalhernado” do Último Czarniano de 92 ou 93 e considero a melhor história do Maioral. Foi nessa época que conheci o Lobo e o traço do Bisley. Com 14/15 anos, como não ficar impressionado com tanta violência, humor negro e palavrões numa edição da DC. Desde então sou fã da arte do senhor Simon “Fucking” Bisley. Tá ai mais um grande motivo pra ir na CCXP.