Mônica – Força

Por Milena Azevedo
Data: 14 outubro, 2016

Mônica - ForçaEditora: Panini Comics – Edição especial

Autora: Bianca Pinheiro (roteiro, arte e cor).

Preço: R$ 23,00 (capa cartonada) e R$ 34,00 (capa dura)

Número de páginas: 80

Data de lançamento: Agosto de 2016

Sinopse

Sempre que é preciso, a Mônica usa sua força para resolver os problemas. Agora, terá que enfrentar o maior deles. E não poderá ser na base da coelhada.

Positivo/Negativo

As características de um personagem de HQs seriadas o definem de tal forma, que o leitor já sabe o que esperar do seu comportamento e atitude em cada aventura, mesmo sendo diferentes os conflitos que enfrenta.

Ao fazer com que a característica icônica de um personagem não tenha função em uma trama, o autor surpreende a própria cria, convidando o leitor a presenciar o seu amadurecimento na busca de uma solução singular para superar aquele novo conflito.

Em Mônica – Força, o 12º título do projeto Graphic MSP, e o primeiro a trazer uma trama solo da personagem, Bianca Pinheiro recebeu do editor Sidney Gusman uma missão: trabalhar com uma premissa que a baixinha e dentuça não pudesse resolver “no braço”. Como ela faria para dar um fim às recentes brigas entre seus pais, as quais estão prestes a levá-los à separação?

Bianca já demonstrou ser uma jovem mestre na arte da narrativa (vide Bear, Dora e Meu pai é um homem da montanha), dominando como poucos a técnica do controle das emoções do leitor. Justamente por isso, conduz habilmente a trama de Mônica – Força, apresentando um roteiro tocante e traços delicadamente fofos, fazendo um contraponto ao título do álbum.

A história arrebata, justamente porque Bianca soube equilibrar momentos de silêncio e poluição sonora (uma excelente solução metafórica para o desentendimento dos pais da Mônica foi preencher suas falas apenas com uma repetição maciça da palavra “briga”, dando-a um peso irritante. Isso, junto à onomatopeia da torneira pingando, deixa Mônica numa angustiante situação de impotência), com introspecção e ação, pressionando a protagonista a encarar sua fragilidade até descobrir outro tipo de força dentro de si.

Há também singelos momentos de homenagens às Graphic MSP Turma da Mônica – Laços e Turma da Mônica – Lições, e menções à sua webcomic Bear (o urso Dimas ganha espaço numa cômoda no quarto da Mônica, bem como o quadro em que a Mônica desenha sua família com o esperançoso lápis verde é quase idêntico ao da Raven).

E na seção de extras, o leitor confere o preciosismo e o cuidado dispensados pela Bianca na produção do álbum: ela chegou a desenhar a planta baixa dos dois andares da casa da Mônica, para melhor entender o movimento de toda a família pelo espaço.

Classificação

4,5

.

Compre Mônica - Força aqui!

• Outros artigos escritos por

.

  • Vipo Free

    Muito bom(inclusive melhor que lições que achei um pouco fraco), mas embora goste bastante, esto achando que o selo msp esta perdendo força, embora os titulos sejam legais, não esta mais saindo edições memoráveis e inspiradas(tanto na historia quanto na arte) como aconteceu com astronauta ta magnetar e laços. Parece que esta indo no garantido feijão com arroz, ao invés de arriscar uma lasanha.

    • RenanSP

      sim, dessa segunda só a do Louco é memorável, Lições tmb é excelente, mas as outras são comuns (ainda não li essa da Mónica).

    • Wellington Rodrigues

      Que essa hq dê uma força para as graphic MSP.