A trajetória do Homem-Aranha nos quadrinhos

Por Sérgio Codespoti
Data: 29 abril, 2014

O Homem-Aranha é um dos personagens mais icônicos da Marvel. Em cinco décadas, Peter Parker ganhou e perdeu poderes, passou de estudante a professor, mudou de identidade, trocou de uniforme, sofreu grandes perdas, casou-se, teve sua vida modificada por uma entidade mágica, morreu e voltou a viver

 

A primeira aventura do Homem-Aranha chegou às bancas de jornal no dia 5 de junho de 1962, embora conste da data de capa – usada para celebrar os 50 anos do personagem (e para lembrar os jornaleiros de quando a revista seria recolhida) -, o mês de agosto.

Peter Parker surgiu em Amazing Fantasy # 15, a última edição de um título bimestral que já havia trocado de nome várias vezes. Uma das últimas mudanças ocorreu da edição # 14 (Amazing Adult Fantasy) para a # 15 (Amazing Fantasy), porque os leitores mais jovens ficavam constrangidos – segundo cartas e um editorial de Stan Lee – ao comprar uma revista dedicada ao público adulto.

Nesta matéria, separamos a trajetória do herói em sete tópicos. Clique em cada um deles, logo abaixo, para saber mais sobre a criação do Homem-Aranha, seus vilões, paixões, identidades alternativas e a intricada cronologia desses mais de 50 anos de histórias em quadrinhos.

Amazing Fantasy # 15

Sérgio Codespoti levou meses para compilar tantas informações do Homem-Aranha. Por isso, é inevitável o trocadilho: o cara ficou subindo pelas paredes!

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8

• Outros artigos escritos por

.

  • Judd Cruz

    Dá prazer ler um texto assim, parabéns pelo ótimo trabalho! O homem aranha é definitivamente o herói mais humano e popular de todos e pra mim tem a melhor trajetória de vida entre todos os heróis.