Diversas novidades da DC Comics reveladas pela Panini

Por Samir Naliato
Data: 23 julho, 2015

Cobertura UHQ

Levi TrindadeO editor-sênior da Panini Comics, Levi Trindade, esteve na 21ª Fest Comix e revelou diversas novidades para os quadrinhos da DC Comics neste segundo semestre e em 2016. Conheça abaixo o que foi anunciado.

Republicações

Foram confirmadas novas tiragens de Batman e Filho (Grant Morrison e Andy Kubert), Batman – Descanse em Paz (Grant Morrison e Tony S. Daniel), Batman – O Retorno de Bruce Wayne (Grant Morrison e vários artistas), Batman – O Filho do Demônio (Mike W. Barr e Jerry Bingham), Batman – Piada Mortal (Alan Moore e Brian Bolland), Coringa (Brian Azzarello e Lee Bermejo), Justiça (Alex Ross, Jim Krueger e Doug Braithwaite) e O Reino do Amanhã (Mark Waid e Alex Ross).

Pela Vertigo, Preacher (Garth Ennis e Steve Dillon), Sandman (Neil Gaiman e vários artistas) e Watchmen (Alan Moore e Dave Gibbons) seguirão o mesmo caminho.

A ideia é que esse tipo de material esteja sempre disponível no catálogo para os leitores, então a editora pretende manter um esquema de reimpressões quando a tiragem esgotar.

Além disso, a editora relançará Superman – Entre a Foice e o Martelo em uma nova edição, desta vez em capa dura. A obra escrita por Mark Millar conta o que aconteceria se o foguete de Kal-El tivesse caído na União Soviética, em vez de Kansas, nos Estados Unidos. Foi publicada originalmente no Brasil em 2004, como uma minissérie em três edições, e dois anos depois reunida em um encadernado. Estava esgotada desde então. O lançamento acontecerá em 2016.

Outro clássico que ganhará uma nova versão é Crise nas Infinitas Terras. A Panini já vinha republicando grandes sagas em forma de encadernados de luxo e começou na ordem retroativa: Crise Final e Crise Infinita. Agora, será a vez da história que reformulou o Universo DC na década de 1980, escrita por Marv Wolfman e ilustrada por George Pérez. O plano é que o livro chegue nas livrarias e lojas especializadas em outubro ou dezembro (na Comic Con Experience). Isso ainda será decidido.

A história já havia sido publicada pela editora como uma minissérie em duas edições, em 2003. Esta nova versão comemorativa de 30 anos incluirá materiais extras inéditos.

Odisseia Cósmica, com roteiro de Jim Starlin e arte de Mike Mignola, também retornará em capa dura. Na trama, os heróis enfrentam Darkseid.

Capa de Crise nas Infinitas Terras, por Alex RossCapa de Crise nas Infinitas Terras, por Alex Ross

Falando em sagas, Levi comentou a possibilidade de encadernado com obras como Zero Hora, Ponto de Ignição e até mesmo LJA – Terra 2, além da parceria com a coleção DC da Eaglemoss. “Posso estar enganado, mas acho que esses materiais estão na coleção da Eaglemoss. Há um acordo entre nós, uma parceria, então não publicaremos”, revelou.

“Fizemos a mesma coisa com a Salvat em relação à Marvel. É um contrato firmado. Como é um produto de banca, só pode ser comercializado por eles durante 30 dias. Depois disso, estamos liberados para fazer a nossa versão. Pode ter acontecido de ter saído o mesmo material tanto pela Salvat quanto pela Panini em um curto espaço de tempo e até acharam que nós estávamos sabotando eles, mas já estava em nosso cronograma. Não iremos mudar nossos planos por causa deles. Mas nesse caso específico, como nos pediram, achamos que seria antiético lançar os livros. Sempre temos deixado eles lançarem primeiro, para depois lançarmos o nosso. Um ou outro pode ter sido lançado antes, mas aí foi porque eles entraram depois, de acordo com o contrato”, explicou Levi Trindade.

Mas não foram só de republicações que vieram as novidades e revelações para títulos atuais e inéditos também foram assuntos.

Próximos lançamentos e encadernados Novos 52

Após lançar Batman – A Corte das Corujas, Superman – À prova de balas, Flash – Seguindo em frente e Aquaman – As profundezas, outras histórias do recente reboot do Universo DC, conhecido como Novos 52, ganharão encadernados.

Ainda neste ano chegarão Liga da Justiça – Origens (Geoff Johns e Jim Lee) e Shazam! (Geoff Johns e Gary Frank).

 Já em 2016, será a vez da Mulher-Maravilha de Brian Azzarello e Cliff Chiang.

Também foi confirmado Superman – Brainiac, escrito por Geoff Johns e ilustrado por Gary Frank. Por essa mesma dupla de autores, a editora já havia lançado Superman – Origens Secretas (2013) e Superman e a Legião dos Super-Heróis (2014).

Em setembro, será a vez de iniciar as publicações com a clássica fase do Homem-Animal de Grant Morrison, no mesmo formato do Monstro do Pântano de Alan Moore (que será completada ainda neste ano). O tipo de papel ainda não foi definido.

Liga da Justiça - OrigemHomem-Animal do Grant Morrison

Vertigo

Para o selo de quadrinhos voltado ao público maduro, Astro City ganhará mais três volumes ainda em 2015. Além disso, as histórias da nova série, lançada em 2013, começarão a ser publicadas provavelmente em outubro, no mesmo formato de encadernados.

Já os fãs de StormWatch podem comemorar, pois a série abre o caminho para a chegada de The Authority, criado por Warren Ellis e Bryan Hitch. O primeiro volume deve ficar disponível em outubro. “É uma saga muito marcante no mercado e é legal revermos esse material. Mas queríamos começar com StormWatch, que é o início desse trabalho”, explicou Levi.

A aguardada The Sandman – Overture, que marcou o retorno de Neil Gaiman ao personagem que o consagrou, será publicada em três edições de capa dura, cada número reunindo duas histórias da minissérie original norte-americana. No Brasil, a minissérie se chamará Sandman Prelúdio. O primeiro volume sairá ainda neste ano.

A demora no lançamento aconteceu devido ao atraso nos Estados Unidos. A primeira edição foi lançada em outubro de 2013 (leia o review aqui), mas o sexto e último número só chegará às comic shops em setembro deste ano.

Promethea, como o Universo HQ já havia adiantado, é outro título confirmado. Toda a saga escrita por Alan Moore sairá em três volumes de capa dura a partir de 2016, provavelmente com intervalo de seis meses entre eles.

Y – O Último Homem, que saiu pela própria editora na íntegra em 10 volumes de capa cartonada, será republicado na forma de capa dura.

O sexto volume de ZDM chega ainda este ano, com o arco de histórias Corações e Mentes.

Por fim, a Panini tem ainda planos de trazer histórias que saíram dentro da revista mensal Vertigo em livros de capa dura.

The Sandman - Overture # 1ZDM - Volume 6 - Corações e Mentes

MAD

A MAD passará a ter periodicidade bimestral, da mesma maneira que acontece com a revista nos Estados Unidos.

Batman Eterno

Sobre a maxi-série semanal Batman Eterno, que tem um total de 52 números, o editor explicou que o projeto serviu também para testar um novo formato de publicação no mercado brasileiro. “Publicar uma revista semanalmente não é tão fácil quanto parece, mesmo sendo do Batman. É uma nova edição que chega nas bancas toda semana, mas graças a Deus está se saindo bem. E isso é animador”, comemorou.

“Mas não é o tipo de publicação para fazermos sempre, depende muita da história e do personagem. É um pouco arriscado comercialmente, porque os leitores podem achar em determinado momento que não vale mais a pena acompanhar, mas a única coisa que percebemos até agora foi ocasional problema de distribuição, com uma banca ou outra não recebendo edição e pulando um número.

Atrasos

Outro assunto abordado foi recentes atrasos em lançamentos, como os especiais de Fim dos Tempos, com capa de acetato. De acordo com o editor, a recente mudança da DC Comics de Nova York para Burbank, na Califórnia, causou problemas nas aprovações de lançamentos. “Para a as capas de acetato, foram umas cinco rodadas de aprovação com a DC e eles estavam no meio da mudança. Muitos funcionários saíram da editora porque não queriam morar em Burbank e a pessoa que entrou não conhecia muito bem o nosso trabalho ainda. Foram quase quatro meses de desespero”, revelou.

Entretanto, Levi garante que a situação já está se normalizando.

Levi Trindade anuncia Sandman PrelúdioLevi Trindade anuncia Sandman Prelúdio
Levi Trindade fala sobre novidades da DCLevi Trindade fala sobre novidades da DC

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Paulo Amorim

    Como faz comunismo sem tirania?! Você deveria ensinar pra humanidade, ficaria mais famoso que o Marx Martelo da Morte…

  • Diego/SM

    Tá brincando, Jeffão??

    É não só das do Super, como uma das melhores, entre TODAS, hqs que já li!!

    Na verdade, meu top five (entre sagas, séries e hqs com histórias “fechadas”) ficaria com: O Cavaleiro das Trevas, Preacher, ZDM, Red Son e Os livros da Magia (ou Planetary!?…)… com algumas menções honrosas para, por exemplo, Mundo Pet (do Mutarelli) Pagando por sexo (Chester Brown), Batman – Ano Um, Coringa (do Azzarello), Orquídea Negra (Neil Gaiman), Batman Noel (do Lee Bermejo)… (ah, devo dizer que não me refiro aqui só a “melhores”, mas também a algumas que o cara tem o tal “carinho especial”, e que conste também dos autos que ainda não li Sandman e não terminei Watchmen – embora de qualquer maneira, apesar de apreciar a profundidade das histórias do Moore e de saber que sou visto como um alien entre fãs dos quadrinhos por isso, na maioria das vezes nossos santos não batam muito… Do inferno, por exemplo, não consegui digerir; foi um negócio muito complexo pra minha cabeça, rss).

    Por falar em complexo pra cabeça, o genial de Red Son é o paradoxo do final, que quase faz o cérebro da gente derreter também! : )

  • Diego/SM

    Caro Levi,
    em primeiro lugar, parabéns pelo trabalho de vocês.
    Em segundo, saberias dizer para quando está programado o lançamento de Entre a foice e o martelo?
    Abraço.

  • DANIEL

    ENTRE A FOICE E O MARTELO SERÁ MESMO RELANÇADA? JÁ SE SABE PREVISÃO?

  • Alex Chaves

    nem uma mençãozinha a publicação de a noite mais densa… acho que não vai ser nesse ano novamente…