Mythos planeja 2018 com diversos lançamentos especiais

Por Samir Naliato
Data: 16 janeiro, 2018

Este ano de 2018 promete ser bastante movimento para a Mythos Editora, com variados lançamentos de quadrinhos.

Como já divulgado, linha Bonelli chegará forte com os retornos de Dylan Dog, Martin Mystère, Nick Raider e Nathan Never. Além disso, Tex receberá uma atenção especial por completar 70 anos de criação. Para mais detalhes, clique aqui.

Agora, a editora confirmou ao Universo HQ o restante de sua programação, com um catálogo que inclui famosos personagens, como Hellboy e Conan; relançamentos aguardados, como Lost Girls; e muitas graphic novels do velho continente, continuando os planos que ganharam força em 2017.

Autores como Alan Moore, John Byrne e Warren Ellis também são destaques.

Veja o que chegará às livrarias mês a mês.

Janeiro

Além dos já noticiados A Guerra dos Mundos e Os devoradores de vidas, chega também Hellboy no Inferno – Volume 2 – A carta da morte (formato 17 x 26 cm, 172 páginas, capa dura, preço a ser confirmado), com a sequência das aventuras da edição anterior, lançada em 2015, e que ganhará uma nova tiragem.

Em sua existência póstuma, Hellboy reencontra antigos inimigos e parentes nada afetuosos, incluindo a irmã que o odeia e a vampira espanhola com a qual se casou no México. Porém, a mais desagradável surpresa para o ex-Detetive Sobrenatural é ser acometido por uma misteriosa e devastadora doença. Embora já esteja morto e condenado ao Inferno, ele agora corre o risco de arcar com uma sina ainda pior: tornar-se um dos espectros sem alma que assombram o Reino das Trevas.

Os devoradores de vidasHellboy no Inferno - Volume 2 - A carta da morte

Fevereiro

Além de Ragnarök – Volume 2 – O senhor dos mortos, que o UHQ informou mês passado, mais duas novidades. Uma delas é com o bárbaro cimério, em Conan – Volume 3 – A Torre do Elefante.

O outro é Elfos – Volume 1 (formato 24 x 32 cm, 112 páginas, capa dura, R$ 84,90), com roteiro de Jarry Nicolas e Jean-Luc Istin, e arte de Gianluca Maconi e Kyko Duarte. Esta edição inclusive já está em pré-venda na Amazon Brasil, com desconto.

As aventuras de importantes figuras dos cinco povos élficos (azuis, silvestres, brancos, negros e meio-elfos) num mundo compartilhado, cada uma delas elaborada por equipes criativas diferentes. Este primeiro volume pelo selo Gold Edition reúne duas histórias completas da saga:

O Cristal dos Elfos Azuis, em que a elfa Lanawyn e seu amigo humano Turin investigam o misterioso massacre de uma vila élfica, enquanto a jovem Vaalann passa por um perigoso teste para portar o Cristal Sagrado, artefato de incrível poder. Em meio a tudo isso, humanos de Yrlan e os elfos das águas estão à beira de uma guerra.

A Honra dos Elfos Silvestres fala de um antigo pacto quebrado entre os elfos da floresta e os humanos, e sobre Llali, filha do rei de Eysine, que arrisca a vida para refazer esse acordo frente à ameaça dos orcs. Com a ajuda do elfo Yfass, ela descobre em si um poder capaz de salvar seu reino. Mas poderá essa dupla reatar o laço entre as raças a tempo de impedir uma tragédia?

Ragnarök - Volume 2 - O senhor dos mortosElfos - Volume 1

Março

Os já noticiados Groo – Amigos e inimigos – Volume 2 e O fio da navalha ganharão duas companhias.

As crônicas de Conan – Volume 2 dá seguimento à edição de luxo lançada em 2016, que trazia as primeiras e clássicas aventuras escritas por Roy Thomas e ilustradas por Barry Windsor-Smith.

Fruto estranho (formato 17 x 26 cm, 128 páginas, capa dura, preço a ser confirmado), escrito por Mark Waid e ilustrado por J.G. Jones. Uma interpretação única para o mito do super-homem como símbolo da esperança e da união entre as pessoas de todas as raças, numa história passada em 1927, no Mississipi, em meio a um conflito entre brancos e negros.

As crônicas de Conan - Volume 2Fruto estranho

Abril

Orks (formato 24 x 32 cm, 112 páginas, R$ 84,90), com texto de Nicolas Tackian e arte de Nicolas Guenet. Estas criaturas não são os tradicionais vilões grandes e asquerosos e tradicionais como em muitas obras. Eles são apenas mais uma das raças antigas que povoam o mundo. Humanos e anões se unem para escravizar as raças antigas e cabe aos Orks enfrentar esta ameaça e salvar a sua tribo.

Herói nenhum (formato 17 x 26 cm, 192 páginas, capa dura, R$ 69,90), escrito por Warren Ellis e desenhado por Juan Jose Ryp. Ellis segue sua empreitada de desconstruir o mito dos super-heróis, e apresenta um mundo onde esses seres poderosos existem desde a década de 1960. Mas ser um herói requer um grande sacrifício, e o mundo real não é como nos quadrinhos.

Superdeus (formato 17 x 26 cm, 128 páginas, capa dura, R$ 59,90), roteiro de Warren Ellis e arte de Garrie Gastonny. Esta edição fecha a trilogia temática de “desconstrução dos super-heróis” de Ellis, das quais fazem parte Verão Negro e e Herói Nenhum. Superseres seriam deuses e isso pode provocar um conflito entre eles?

O autor aborda uma faceta que poucas histórias do gênero tocam: a ligação entre entidades superpoderosas dos quadrinhos com a parte da natureza humana que impele a adoração a divindades.

Fechando o mês, Hellboy e o B.P.D.P. – 1953. Este volume dá continuidade à Hellboy e o B.P.D.P. – 1952, lançado em 2016.

OrksSuperdeus

Maio

Réquiem – O cavaleiro vampiro – Volume 1 (formato 24 x 32 cm, 169 páginas, capa dura R$ 99,90), com roteiro de Pat Mills e arte de Olivier Ledroit.

O soldado nazista Heinrich Augsburg renasce após ter morrido no front da Rússia, em 1944. Lá ele descobre uma civilização de pessoas que renasceram como lobisomens, zumbis, demônios, vampiros e outras formas fantásticas, tudo dependendo de suas vidas anteriores na Terra.

Doomsday.1 (título em português a ser definido, formato 17 x 26 cm, 104 páginas, capa dura, preço não informado), por John Byrne. Famoso por seus trabalhos com super-heróis, Byrne dá sua visão do que poderia ser o final da humanidade, mas que se torna apenas um novo (e difícil) recomeço. Saiba mais aqui.

Brighter Than You Think (título em português a ser definido, formato não informado, 168 páginas, capa dura, preço a ser definido), escrito por Alan Moore e Marc Sobel, com desenhos de Rick Veitch, Stephen Bissette, John Totleben, Stan Woch, Don Simpson, Bill Wray, Mark Beyer, Oscar Zárate, Peter Bagge, Eric Reynolds e Melinda Gebbie.

Nessa obra, o estudioso dos quadrinhos Marc Sobel tenta analisar o brilhantismo de Alan Moore através de dez histórias raras do escritor, a maioria inédita no Brasil.

Rei Conan – Volume 3 – A hora do dragão será mais um volume da coleção Rei Conan, cujos dois primeiros volumes foram publicados em 2015 (veja aqui) e 2017.

Réquiem - O cavaleiro vampiro - Volume 1Brighter Than You Think

Junho

Blue Note – Os últimos dias da Lei Seca (formato 24 x 32 cm, 144 páginas, capa dura, preço a ser definido), escrito por Mathieu Mariolle e Mikaël Bourgouin, e desenhado por Bourgouin.

A era da Lei Seca está chegando ao fim e, com ela, toda uma estrutura montada por gangsteres, como clubes de música, subornos e venda ilegal de álcool, também está prestes a mudar. Neste cenário marcante da história norte-americana, dois protagonistas têm seus destinos entrelaçados pela mudança dos tempos.

Starstruck (formato 18,8 x 27,9 cm, 360 páginas, capa dura, preço a ser definido), com roteiro de Elaine Lee e arte de Michael Wm Kaluta.

Após o Grande Ditador Galáctico cair, um vácuo no poder atiçou várias facções a assumirem a liderança da humanidade. É neste cenário caótico que acontecem as aventuras da amazona espacial Galatia 9 e sua parceira, a truculenta Brucilla, “A Musculosa”. Juntas, elas compõem a tripulação da nave espacial Harpia, e terão grande participação nos conflitos do cosmos.

Next Men, criação de John Byrne, também ganhará um segundo volume em junho, após a edição anterior ter sido lançada em 2013. O mesmo ocorrerá com B.P.D.P. Origens – Volume 2 (a anterior saiu em 2016).

Blue Note - Os últimos dias da Lei SecaStarstruck

Julho

Conan – O colosso negro é um dos destaques do ano pela Mythos. Esta edição é uma graphic novel original da editora francesa Glénat, que está adaptando os contos originais do personagem, escritos por Robert E. Howard, para os quadrinhos (clique aqui e saiba mais). Diferentes equipes criativas foram convidadas para a tarefa e, neste primeiro volume, os responsáveis são o escritor Vincent Brugeas e o desenhista Ronan Toulhoat.

Lost Girls, que já saiu no Brasil pela Devir, em 2007, será relançada. A obra de Alan Moore e Melinda Gebbie, publicada originalmente em três volumes, mostra Alice (País das Maravilhas), Dorothy (O mágico de Oz) e Wendy (Peter Pan) vivendo aventuras eróticas num hotel austríaco às vésperas da Primeira Guerra Mundial.

Guerra Fria – O contrato Dâmocles (formato 17 x 26 cm, 120 páginas, capa dura, preço a ser definido), por John Byrne. Uma história de espionagem através da Cortina de Ferro na época da Guerra Fria. O autor cria sua própria versão de um Superagente Secreto com permissão para matar: Michael Swann.

Gary Gianni’s Monstermen (título em português a ser definido), escrito e desenhado por Gary Gianni, mostra uma estranha dupla de detetives do sobrenatural formada pelo cineasta Lawrence St. George e seu companheiro, Benedict, em um mundo assolado por cowboys zumbis, lulas piratas, abomináveis homens da neve, fantasmas, demônios e outras bizarrices.

Conan - O colosso negroLost Girls

Agosto

Por um punhado de sangue (formato 17 x 26 cm, 120 páginas, capa dura, preço a ser definido), escrito por Kevin Eastman e ilustrado por Simon Bisley.

Em uma cidade perdida no meio do nada, uma estranha visitante acaba se metendo na briga entre dois grupos. Até aí essa seria uma história normal se a cidade não fosse um antigo cenário de filmes de faroeste, a estranha não fosse uma deslumbrante loira de mira certeira e as duas facções não fossem compostas por zumbis e vampiros.

The End League (título em português a ser definido) é uma criação do escritor Rick Remender e o desenhista Mat Broome. A história mostra os últimos super-heróis do mundo quando eles embarcam em uma jornada para encontrar um artefato que pode salvar toda a humanidade: o martelo de Thor.

Por um punhado de sangueThe End League

Setembro

Okko – O livro da água (formato 24 x 32 cm, 96 páginas, capa dura, preço a ser definido), por Humbert Chabuel. Uma exótica versão do Japão feudal, apresentando um mundo cheio de elementos nipônicos tradicionais com um toque sobrenatural e fantástico.

Longe dos campos de batalha, Okko, ronin excepcionalmente habilidoso, lidera um grupo de caçadores de demônios. Quando a gueixa Pequena Carpa é raptada por piratas, o jovem pescador convence o bando a ajudá-lo, mas essa busca terá seu preço e os levará para o centro de uma grande aventura.

Lady Mechanika – Volume 1, de Joe Benitez. Em um mundo de de magia e ciência, ela é a única sobrevivente de uma experiência terrível que a deixou com dois braços mecânicos. Sem memória de seu cativeiro ou de suas origens, ela construiu uma nova vida como aventureira e detetive particular, e usa suas habilidades únicas para agir onde as autoridades não conseguem. E a busca por seu misterioso passado continua.

Avatares do medo (título provisório) é uma publicação que reunirá dois títulos de terror do Warren Ellis: Frankenstein’s Womb e Atmospherics.

Okko - O livro da águaLady Mechanika - Volume 1

Outubro

A noite dos mortos vivos, com textos de Jean-Luc Istin e arte de Elia Bonetti. Inspirado no clássico filme homônimo de George Romero.

Gás negro, roteiro de Warren Ellis e arte de Max Fiumara. Um pequena ilha fica perto do litoral da América do Norte se localizar em cima d uma falha tectônica, e é ignorada por quase todos. Mas numa noite chega uma grande tepestade, e da falha tectônica surge algo horrível das profundezas da Terra. Um surto zumbi na versão de Ellis.

A noite dos mortos vivosGás negro

Novembro

Nós, os mortos (formato 24 x 32 cm, 212 páginas, capa dura, preço a ser definido), com texto de Darko Macan e desenhos de Igor Kordey.

No Século 14, a Europa inteira tomba em decorrência de uma estranha versão da Peste Negra que afetou todo o continente. Setecentos anos depois, o Império Inca floresce e se expande pela área dos Estados Unidos, após dominar os maias e os astecas. O Príncipe inca e sua comitiva partem para o novo mundo em busca da fonte da juventude, mas descobrem que os europeus já não são mais humanos: mas sim zumbis com fome de cérebros.

Cap Stone – O Capitão Stone está desaparecido, escrito por Christina McCormack e desenhado por Liam Sharp. O primeiro e único super-herói do mundo desapareceu. Já um homem de meia idade e sem conseguir manter suas operações, afirmou que o mundo estava em perigo, e essa ideia foi comprada pela mídia e pelo público. Mas essa afirmação está correta? Caberá a ewscritora e assassina Charlie Chance encontrar o único homem que conseguiu levá-la à justiça: o Capitão Stone.

Nós, os mortosCap Stone - O Capitão Stone está desaparecido

• Outros artigos escritos por

.

.

.

  • Andre Freitas

    Prevejo minha falência este ano….

  • ninguém

    O primeiro volume de BPDP Origens será relançado?
    Lembro que a primeira tiragem tinha sérios e diversos defeitos de impressão, como páginas borradas e imagens com baixa-resolução.

  • Fernando Alves

    Pena que são bem caros,porque valem muito a pena,ai meu bolso rsrs,gostei de quase tudo.E se podem lançar Black Gas do Ellis que é pesadona,porque não trazer tambem o Crossed?Esse albuns grandes são e devem ser demais.

    • Dvulture

      A Avatar só negocia séries inteiras, e Crossed tem volumes demais para alguém comprar de uma vez e se comprometer a lançar todos, especialmente considerando que o público fala que quer, e depois volta atrás.

  • Bruno Luiz

    Sobre a trilogia do Warren Ellis, salvo engano, só saiu Verão Negro. O título “Herói Nenhum” foi publicado? Não lembro dele…

    • Herói Nenhum sairá em 2018, e está listado logo acima de Superdeus.

      • ninguém

        Queisso!
        Tem um montão de heróis saindo este ano!

  • Luiz Fernando

    Muita coisa q vou ir atrás com certeza! A minha única dúvida é: NADA de Juiz Dredd pra esse ano?!?! Espero q sejam linhas distintas de publicação e por isso não estão aí, mas como tem Conan e Hellboy aí no meio, não me parece q sejam…

    • Pedro Bouça

      Parece que eles ainda não terminaram de negociar o material do Dredd.

  • Alexandre Pinto Harich

    Muita coisa diferente, 2018 serão férias da DC Marvel , duro é escolher quais comprar.

  • Gabriel Dias

    Caramba Mythos. As folhas dos seus encadernados são de ouro e prata? R$ 80 por 100 páginas? Não, obrigado.

    • Dvulture

      São formato Gold 24 x 32 e quadrinhos europeus (que são mais caros pra produzir e melhores em termos dos que os americanos, pois um artista leva até 6 meses para desenhar 52 páginas). Faltou se informar, hein?

      • Gabriel Dias

        Sério? Então, me explica como é possível comprar a edição completa de OKKO na Amazon com 560 páginas a um preço de 127 reais no tamanho 16,8 x 3 x 25,9 cm? Não creio que o valor esta relacionado a questão de tempo de produção ou tamanho da impressão. Todas as HQ’s podem ter suas edições impressas em tamanhos maiores ou menores, depende muito da editora. A própria Panini já publicou as edições de Justiça e Reino do Amanha (por exemplo) em formatos menores (mensais) e (edições definitivas). Realmente, faltou me informar melhor.

        • Dvulture

          Com a arte toda espremida porque não foi feita para esse formato, e sim foi feita para o formato que está sendo publicado pela Mythos? Você deve ser fã de formatinho, só pode.

          • Gabriel Dias

            Não sou fã de formatinho, tenho edições americanas, européias e etc. A questão é que esse preço é realmente uma facada. Bom, talvez não é para mim mesmo, talvez eu não seja igual a vocês colecionadores e experts em gramaturas de papéis, qualidade das tintas e cores superiores, modelos extraordinários das edições da Mythos com suas capas duras maravilhosas e etc. Abraços

        • Pedro Bouça

          Na França, o país de origem desse material, a mesma edição que a Mythos (mesmo formato, capa dura) custa o equivalente a 88 euros – e eles não dão desconto nas livrarias de lá:
          https://www.amazon.fr/Okko-1-2-cycle-leau/dp/2756020559/

          É o preço justo. Pode sair mais barato se a editora reduzir formato, piorar o papel, tirar a capa dura, etc. Mas isso é o equivalente a publicar super-heróis em formatinho. Essas HQs foram feitas para o formato em que saem!

          Incidentalmente, a Jupati publica as francesas Lanfeust de Troy e Trolls de Troy precisamente assim, em um formato mais econômico. Os resultados de vendas não têm sido melhores.

          • Gabriel Dias

            Creio que a França não é o melhor modelo para se comparar preços, visto que lá a carga tributária é tão alta quanto a nossa, sem falar na lei do preço fixo também. Mas entendo o ponto de vista de vocês. Realmente esse tipo de material não é para mim. Não dá para investir centenas de reais para ter algo do tipo. Gostaria de acompanhar e ler, mas não dá. Sou pobre.

          • Pedro Bouça

            Você sabe que livro é isento no Brasil, né?

          • Gabriel Dias

            Isento de importação? Sim eu sei, mas não isento de cargas tributários em cima de produções nacionais. Um cascateamento de imposto.

          • Pedro Bouça

            Na verdade é isento de um monte de impostos:
            http://www.portaltributario.com.br/artigos/editoras.htm

          • Pedro Bouça

            Ao contrário do que falam os liberotários, imposto não é a causa dos preços altos. Ou então o pessoal da Suíça e do Luxemburgo, países de carga tributária celebremente baixa, não iria fazer compras na França, com seus grandes impostos, que tem preços muito mais baixos.

            Quando eu estava em Metz, cansei de ver gente indo todo dia (de TGV!) trabalhar em Luxemburgo, porque mesmo com o (alto) preço do TGV era mais em conta morar em Metz do que naquele paraíso fiscal…

          • Gabriel Dias

            Bom, e pelo o que eu estou vendo aqui o preço é de 22 euros e não 88 euros. Só se eu vi errado. 22 euros olhando de 1 para 1 é acessível.

          • Pedro Bouça

            88 reais, perdão. Já corrigi.

      • Gabriel Dias

        A questão é que a Mythos está cobrando muito caro por pouco. Ta certo que é um formato Gold e etc, mas não justifica cobrar 80 reais por 100 páginas enquanto a Panini cobra 120 por 550 páginas em um formato praticamente igual. Realmente o mercado de quadrinhos no Brasil é impossível de acompanhar.

  • Alexandre Neves

    E nada de mangás.

    • apache

      E nada da Cripta da Dark Horse.

      • Gustavo Rezende

        E nada do Dredd.

        • Pedro Bouça

          Dredd ainda estão negociando.

  • Carlus Alexandre

    Muito material de qualidade, particularmente fiquei contente pelas duas últimas mini séries que faltavam da “trilogia da superhumanidade” do Ellis que enfim sairão em português! Prevejo falência aqui também :D

  • Ed Pontes

    Muita coisa boa, mas esses preços da Mythos são de arrebentar o bolso.

  • Marcus Vinicius Gomes

    Next Men do John Byrne de volta…melhor notícia.

  • Meu Deus! Leady Mechanika! Jura? *-*

  • Teve um encadernado do Hellboy que eu comprei, que é a Morte do Hellboy. Esse novo encadernado se passa após a morte dele, qdo ele enfrenta aquela bruxa que vira dragão (olha a referência a Branca de Neve da Disney… rsrsrsrs)?

    • Hellboy no Inferno é posterior à morte do Hellboy sim!

      • Então, tenho de comprar esse encadernado novo! Achei que o Mignola não tinha feito mais nada do Hellboy após a morte do personagem!

    • ARQUEIRO VESGO

      Bruxa que vira dragão é a Malévola de “A Bela Adormecida” clássica da Disney. Kkkkkkk…

      • Noh! É mesmo! Sempre confundo essas bruxas! Que merda! Achei que já tivesse me corrigido! “Sigh” Rsrsrsrs

        Farei a devida correção!

  • Ecm

    Os caras do Pipoca e nanquim disseram que tentaram trazer Druuna , más os direitos já tinham sido vendidos pra outra editora , achei que seria a Mythos que tinha pegado … pelo jeito não ! Ágora com quem será que tá esses direitos da Druuna?

    • Leonardo Silveira

      Eu acho que tem mais a cara da Veneta.

  • Eli Morenno

    Diversos lançamentos de qualidade para um público variado e o que que o nerd brasileiro faz? Reclama. Do preço, da capa, da distribuição, pq não lança isso, pq não lança aquilo. Cansa. Também vou reclamar, esses hiatos matam qualquer um!

  • Francisco Cláudio

    Muitos lançamentos para todos os públicos. O que mais me chamou atenção foi “Brighter Than You Think”, uma coletânea soberba com várias Hqs raras do Alan Moore:
    – LOVE DOESN’T LAST FOREVER com Rick Veitch;
    – IN PICTOPIA com Don Simpson;
    – TAPESTRIES com Stephen Bissette & John Totleben;
    – THE MIRROR OF LOVE com Stephen Bissette & Rick Veitch;
    – COME ON DOWN com Bill Wray;
    – THE BOWING MACHINE com Mark Bayer;
    – I KEEP COMING BACK com Oscar Zaraté;
    – THE HASTY SMEAR OF MY SMILE com Peter Bagge;
    – THIS IS INFORMATION com Melinda Gebbie;
    – BRIGHTER THAN YOU THINK com Melinda Gebbie.

  • sergio reis

    O segundo volume de 007 do Ellis sem previsão?

  • James Howllet

    Oh Senhor, dai-me uma Mega Sena!!!

  • A Mytho$ tem preço altíssimo e péssima qualidade. Judiação tanto material bom nas mãos dessa gente.

    E o Conan Chronicles? Precisa lançar um a cada 3 anos, por 80 reais?

  • leleco

    Um caminhão de novidades excelentes, títulos realmente de peso, porém com o selo de “faca de açougue” da Mythos, uma pena. E desses ótimos títulos todos, “Fruto estranho” é uma das histórias mais bem desenhadas e de melhor proposta com o final mais… nhééé! que eu já li – no final do quadrinho me peguei pensando se não teria sido melhor ter gastado meu tempo, sei lá… lendo páginas amarelas.

  • apache

    Cadê a Cripta da Dark Horse, a Mythos abandonou de vez?

  • Quark Ferengi

    E aquela coleçao de encadernados da Espada Selvagem de Conan… quando sai?

  • Dumas Barão

    Teremos republicação de Hellboy no Inferno – Volume 1 e o lançamento do volume 2, além Hellboy e o B.P.D.P. – 1953, tomara que não seja apenas isso.

    Espero que republiquem mais materiais do B.P.D.P. como:

    B.P.R.D.: Terra Oca e Outros Contos (Mythos Editora, 2003)
    BPRD: A Alma de Veneza e Outros Contos (Mythos Editora, 2004)
    B.P.R.D.: Praga dos Sapos (Mythos Editora, 2004)
    B.P.R.D.: O Morto (Mythos Editora, 2005)
    B.P.R.D.: A Chama Negra (Mythos Editora, 2006)
    B.P.R.D.: A Máquina Universal (Mythos Editora, 2007)
    B.P.R.D.: Jardim das Almas (Mythos Editora, 2008)
    B.P.R.D.: Matando Sozinho (Mythos Editora, 2008)
    B.P.R.D.: 1946 (Mythos Editora, 2008)
    B.P.R.D.: O Sinal (Mythos Editora, 2009)
    B.P.R.D.: A Deusa Negra (Mythos Editora, 2009)
    B.P.R.D.: Guerra com Sapos (Mythos Editora, 2010)
    B.P.R.D.: 1947 (Mythos Editora, 2010)
    B.P.R.D.: Rei do Medo (Mythos Editora, 2010)

  • ARQUEIRO VESGO

    Cofre no “As crônicas de Conan – Volume 2” de Roy Thomas e Barry Windsor-Smith. <3

  • rui

    Nada do Juiz Dredd?