Divulgados os vencedores do 29° Troféu HQ Mix

Por Marcelo Naranjo
Data: 1 setembro, 2017

A organização do Troféu HQ Mix divulgou a lista dos vencedores deste ano de 2016. A premiação comemora sua 29ª edição, e é considerada a mais importante do País.

O Troféu HQMIX foi criado em 1988 pela dupla Gualberto Costa e JAL, dentro do programa TV MIX, na TV Gazeta de São Paulo, e é considerado o “Oscar dos Quadrinhos no Brasil”.

Neste ano, os concorrentes se inscreveram e foram analisados, em primeiro turno, por um júri de jornalistas e pesquisadores da área, que levaram três meses apreciando o material enviado. Assim, foram escolhidos até dez indicados em cada categoria, que seguiram para votação nacional para mais de mil profissionais dos quadrinhos.

A escultura da estatueta do troféu, feita por Olintho Tahara, que muda todos os anos para homenagear um personagem brasileiro nos quadrinhos, foi baseada nos personagens da série Chopnics, que Jaguar desenhava e às vezes fazia par com textos de Ivan Lessa.

O evento acontecerá no dia 17 de setembro, às 18 horas, na choperia do SESC Pompeia, com entrada gratuita. Os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início, na bilheteria até se esgotarem. Como em anos anteriores, Serginho Groisman, padrinho do Troféu HQMIX, será o apresentador com participação do DJ MZK e o Super Quarteto Barutti.

Confira os vencedores:

Adaptação para os quadrinhos
Sharaz-de-Contos de As Mil e Uma Noites – Volume 1 (Figura)

Arte-finalista Nacional
Omar Viñole (Cadernos de Viagem, Yeshua Absoluto, Zé do Caixão)

Colorista Nacional
Cris Peter (Astronauta – Assimetria/Memórias do Mauricio)

Desenhista Nacional
Guilherme Petreca (Ye)

Edição Especial Estrangeira
The Ghost in the Shell (JBC)

Edição Especial Nacional
Yeshuah – Absoluto (Devir)

Editora do ano
Sesi-SP Editora

Evento
CCXP Comic Con Experience

Livro teórico
1973 Quando tudo começou, História do primeiro Salão Brasileiro de Humor e Quadrinhos (Independente)

Novo talento – Desenhista
Mika Takahashi (Além dos Trilhos)

Novo talento – Roteirista
Wagner Willian (Bulldogma)

Projeto Editorial
A Liga Extraordinária – Dossiê Negro – Edição de Luxo Limitada (Devir)

Publicação de Aventura/Terror/Fantasia
Astronauta – Assimetria (Panini)

Publicação de Clássico
Sharaz-de-Contos de As Mil e Uma Noites – Volume 1 (Figura)

Publicação de Humor
A Última Bailarina Contra-Ataca (Korja dos Quadrinhos)

Publicação de Tira
Quadrinhos dos Anos 10 (Quadrinhos na Cia.)

Publicação em Minissérie
Quack – Volume 3 (Draco)

Publicação Independente de Autor
Opala 76

Publicação Independente de Grupo
São Paulo dos Mortos – Volume 3

Publicação Independente Única
The Hype

Publicação Infantil
O Roubo do Marsupilami (Sesi-SP)

Publicação Juvenil
Mônica – Força (Panini)

Publicação Mix
O Despertar de Cthulhu em Quadrinhos (Draco)

Roteirista Nacional
Laudo Ferreira (Cadernos de Viagem, Yeshuah – Absoluto, Zé do Caixão)

Web Quadrinhos
As Empoderadas

Web Tira
Linha do Trem

Destaque Internacional
Marcelo Quintanilha

Produção para outras linguagens
Cena HQ
A Infância do Brasil

Exposição
Ocupação Glauco
Espaço Itaú Cultural

Grande Contribuição
HBO
– Série Edição Especial – Quadrinhos Antologia HQ – Projeto HQ Ceará

Homenagem
10 anos do Guia dos Quadrinhos

Grande Mestre
Gutemberg Monteiro

TCC – Trabalho de Conclusão de Curso
Bruna Penilhas, Daniel Generalli, Juliana Frezarin e Lucas Alencar — Web Série Vozes e Traços O Novo Cenário Brasileiro de HQsUMESP

Tese de Mestrado
Miguel Geraldo Mendes Reis — Tudo o que o cidadão deve saber: As Cartilhas e o Processo Civilizador PUC-RIO

Tese de Doutorado
Camilo Riani — Caricatas: Arte-Rostohumor-ExperiênciaUNESP

• Outros artigos escritos por

.

  • Leandro Robles

    Parabéns a todos!!

  • Tem um pequeno equívoco, Faria Lemos é o nome da cidade onde o Gutemberg nasceu e não parte do sobrenome dele.

  • Carlos

    Parabéns para todos os vencedores. De verdade.

  • Pessoal, pelo que entendi da lista oficial, não existe uma categoria ANTOLOGIA HQ. Na verdade este é o nome de um projeto: ANTOLOGIA HQ – PROJETO HQ CEARÁ, que ganhou na categoria GRANDE CONTRIBUIÇÃO, junto com o projeto da HBO.

  • Lucio Luiz

    No site do HQ Mix (e nas fotos do evento no Facebook, inclusive) está que o vencedor da categoria “Grande Mestre” foi Luiz Saidenberg.